Mercado

Notre Dame Intermédica (GNDI3) distribuirá R$ 100,6 mi. em dividendos

0

A Notre Dame Intermédica (GNDI3) informou nessa quarta-feira (25) através de um comunicado que distribuirá R$ 100,6 milhões de dividendos aos seus acionistas. O montante é equivalente a 25% do lucro líquido da empresa apurado no final de 2019.

No documento a Notre Dame Intermédica afirma que a decisão de distribuir o dividendo mínimo obrigatório foi votada e aprovada em assembléia geral realizada em 21 de fevereiro. Portanto, cada ação da companhia corresponde a R$0,16672735.

Além disso, a empresa salientou “a Companhia reitera a informação de que os acionistas que farão jus a dividendo mínimo obrigatório serão aqueles registrados como tal na presente data, sendo que a partir de 26 de março de 2020 as ações da Companhia passarão a ser negociadas ‘ex-dividendos‘”.

Ou seja, só receberão o valor de R$ 0,16672735 por ação aqueles que já eram acionistas da empresa antes da data de publicação do documento (quarta-feira, 25).

A Notre Dame Intermédica reiterou “sendo que não haverá atualização monetária ou incidência de juros entre a data da declaração dos dividendos e a data do efetivo pagamento. O recebimento do dividendo será isento de imposto de renda”.

Por fim, a companhia disse que manterá seus acionistas e o mercado em geral  informados sobre novas  eventuais informações.

Notre Dame Intermédica apresenta alta no lucro

Em 2019 a companhia apresentou uma alta no lucro de 26,85% em relação ao ano de 2018.

A receita líquida da Notre Dame Intermédica teve uma alta de 41,6% entre outubro e dezembro do ano passado, chegando a R$ 2,3 bilhões. No acumulado do ano, entretanto, o valor somou R$ 8,4 bilhões, um crescimento de 37,1%.

Saiba mais: Notre Dame: Cade e ANS aprovam compra do Grupo São Lucas

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado no último trimestre de 2019 foi de R$ 395,3 milhões, uma alta de 42,5%. A margem Ebitda foi de 17,2%.

“Ao longo de 2019, a Companhia deu continuidade a execução de seu plano de negócios, sustentado por uma estratégia vencedora de verticalização dos custos médicos. A Companhia realizou aquisições estratégicas para melhora da Rede Própria de atendimento, expandindo a área de atuação e os serviços oferecidos, cumprindo assim seu objetivo de oferecer planos de saúde de qualidade a preços acessíveis” informou a Notre Dame Intermédica.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Laura Moutinho
Estagiaria na Suno Notícias, escreve notícias que afetam o mercado financeiro. Estuda administração na Universidade Presbiteriana Mackenzie.