Mercado

Negociação do Ibovespa passará a ter novo horário de fechamento, diz B3

0

Negociação do Ibovespa voltará a fechar às 17h10 a partir da próxima segunda-feira (9) de março. A mudança será feita por horário de verão nos Estados Unidos, informa B3. O horário do pregão regular passará a ser fechado às 17h.

A B3 volta a ter negociações disponíveis noafter market, cujo horário de funcionamento é entre 17h30 e 18h.

A alteração no horário de negociação da Bolsa de Valores é consequência do início do horário de verão nos Estados Unidos, que ocorre neste domingo (8).

A medida não alterará a abertura do mercado, somente o horário de fechamento. Sendo assim, o Ibovespa continuará com suas operações iniciadas às 10h. Neste mercado, são negociados os seguintes ativos:

“Black Friday” na B3 | Saiba como usar o fator Coronavírus a seu favor tendo acesso aos melhores investimentos do mercado.

Ibovespa: Investidores na bolsa chegam a 1,85 milhão

A B3 divulgou seus resultados operacionais de janeiro. No segmento de ações, o volume financeiro médio diário negociado no mercado à vista cresceu 38,4% frente ao mesmo período de 2019, para R$ 23,30 bilhões. O resultado é reflexo do número de investidores ativos, que chegou a 1,853 milhão.

Segundo a B3, o número de investidores cresceu 110,5% na comparação anualizada e 9,6% na relação de mês para mês. Já quanto às empresas listas na bolsa de valores, o número caiu 2% e 0,5% na mesma base de comparação, com 389 companhias.

A capitalização de mercado média das companhias com papéis sendo negociados na bolsa chegou a R$ 4,855 trilhões, 28,0% maior do que no mesmo mês de 2018 e 5,4% maior do que o patamar de dezembro.

O segmento de balcão apresentou um estoque de R$ 2,864 trilhões na renda fixa, alta de 15,6% no ano e queda de 0,7% em relação a dezembro. Quanto aos derivativos, o estoque atingiu R$ 2,954 trilhões, crescimento de 27,1% e 3,4% na mesma base comparativa.

Coronavírus e Mercado Financeiro | Saiba quais oportunidades você pode estar perdendo com nossas análises exclusivas.

O segmento de juros, moedas e mercadorias da B3 reportou um volume médio diário de 4,555 milhões de contratos no mês passado, equivalente a uma alta anual de 59,1% e avanço mensal de 11,5%. A receita por contrato médio ficou em R$ 1,326, com queda de 25,3% no ano e baixa de 15,0% no mês.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Arthur Oliveira
Arthur Oliveira escreve sobre política, economia e negócios para o portal de notícias da Suno Research. Atualmente, é estudante de jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero.