NASDAQ 100: Confira as 5 ações que mais desvalorizaram em agosto

NASDAQ 100: Confira as 5 ações que mais desvalorizaram em agosto
O Nasdaq 100 fechou as negociações da última segunda-feira (31) em alta de 0,68% em comparação ao pregão anterior, sendo cotado a 11.775,46 pontos.

O Nasdaq 100 fechou as negociações da última segunda-feira (31) em alta de 0,68% em comparação ao pregão anterior, sendo cotado a 11.775,46 pontos. O índice da bolsa norte-americana reúne as 100 maiores empresas não financeiras da NASDAQ.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

O NASDAQ 100 registrou em agosto desse ano seu quinto mês consecutivo em alta. Entre as principais razões está a medida adotada pelo Federal Reserve (Fed) em agosto para manter as taxas de juros em valores baixos.

Os índices americanos fecharam com movimentos mistos no último dia do mês:

  • O S&P 500 fechou aos 3.500 pontos, com leve queda de 0,22%
  • O Dow Jones caiu 0,78%, para 28.430 pontos
  • O índice Nasdaq teve alta de 0,68%, a 11.775 pontos.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

Na última segunda-feira, algumas empresas como Tesla e Apple encerraram em altas de 74,1% e 21,7%, tendo seus ativos negociados a R$ 407 e US$ 120,9 , respectivamente, o que consequentemente sustentou o Nasdaq 100 no fechamento do mês de agosto.

Apesar do índice acionário de tecnologia ter acumulado notícias boas e otimistas nos últimos meses, o mercado financeiro global continua atento a disseminação do coronavírus (covid-19) pelo mundo e seus efeitos para a economia.

Reforçando que esta matéria não é uma recomendação de investimento, confira as cinco ações da NASDAQ 100 que mais se desvalorizaram em agosto.

  • BioMarin Pharmaceutical Inc (-34,9%)
  • Moderna, Inc. (-12,4)
  • Western Digital Corporation (-10,9%)
  • Lam Research Corporation (-10,8%)
  • Cisco Systems, Inc (-10,4%)

BioMarin Pharmaceutical Inc (NASDAQ : BMRN)

A BioMarin Pharmaceutical Inc. registrou uma queda de 34,9% em suas ações após a notícia que o pedido de licença  biológica (BLA) para terapia gênica com valoctocogene roxaparvovec para hemofilia A grave foi reprovado pela agência FDA, que justificou a desaprovação pela falta de informações e inconsistência nos resultados apresentados pela empresa.

A agência exige que a BioMarin forneça provas substanciais de um efeito duradouro do estudo de fase III em andamento, usando a Taxa de sangramento anual (ABR) como o desfecho primário. As autoridades do FDA solicitaram que a BioMarin concluísse o estudo de fase III e apresentasse dados de segurança e eficácia de acompanhamento de dois anos em todos os participantes do programa.

Moderna, Inc. (NASDAQ: MRNA)

As ações da Moderna caíram 12,4% no mês de agosto, ante a queda de 12,8% no mês de julho. A empresa segue sofrendo desvalorização devido a incerteza contínua e a falta de resultados em relação aos resultados da vacina candidata para o Covid-19 pela Moderna.

Até o mês de junho, as ações da empresa tinham representado uma alta de 385% no ano, entretanto julho e agosto foram seguidos de quedas.

“Este movimento de ações em si não é totalmente surpreendente, dada a rápida execução do mRNA-1273, o tremendo interesse dos investidores neste programa e a necessidade / oportunidade não atendida de uma vacina COVID-19”, analista do JPMorgan Cory Kasimov e sua equipe escreveu em um relatório aos investidores. “Dito isso, nesses níveis, estamos tendo dificuldade em justificar mais vantagens, dada a incerteza da duração / características da pandemia COVID-19.”, completou.

Western Digital Corporation (NASDAQ: WDC)

As ações da Western Digital sofreram queda de 10,9% em agosto após a empresa divulgar os resultados do segundo trimestre no início do mês.

A Western Digital publicou os lucro do segundo trimestre no dia 6 de agosto desse ano, relatando que as ações caíram apesar dos lucros terem sido melhores do que o esperado para o período. A receita do primeiro trimestre foi de aproximadamente US $ 3,8 bilhões, e o lucro por ação de US $ 0,45 a US $ 0,65, enquanto os resultados do primeiro trimestre do ano anterior foram de lucro ajustado de US $ 0,34 por ação sobre vendas de US $ 4 bilhões.

Lam Research Corporation (NASDAQ: LRCX)

As ações da Lam Research caíram 10,8% em agosto. Antes das negociações de agosto, as ações haviam subido cerca de 29% em 2020 e desfrutado de ganhos substanciais após os resultados divulgados no final de julho.

A guerra comercial entre EUA e a China pode ter influenciado na queda das ações da empresa. As relações cada vez mais adversas entre as duas potências econômicas ameaçam prejudicar o desempenho de algumas empresas no setor de semicondutores, como a Lam.

A empresa anunciou em um comunicado publicado em 4 de agosto desse ano que havia chegado a um acordo de desenvolvimento conjunto com a VELO3D para colaborar na produção de materiais e designs para aplicações de impressão 3D na indústria de semicondutores.

A Lam pretende aumentar significativamente o volume de peças que produz usando tecnologia de impressão 3D ao longo dos próximos cinco anos, e a empresa de fabricação de semicondutores prevê que as inovações relacionadas permitirão a seus clientes construir chips que oferecem velocidade e potência superiores e que consuma menos energia. Entretanto, o anúncio da Lam não foi suficiente para segurar a queda das ações.

A empresa também publicou um comunicado à imprensa no dia 27 de agosto, anunciando que havia aprovado um aumento de 13% para seus dividendos, elevando seu dividendo trimestral para US $ 1,30 por ação.

Cisco Systems, Inc (NASDAQ: CSCO)

As ações da Cisco Systems caíram 10,4% em agosto após a empresa publicar os resultados do segundo trimestre, relatando que as vendas caíram 9% ano a ano, os ganhos ajustados para o período também sofreram queda de 4%, enquanto a receita do ano de 2020 caiu 5%, chegando a US $ 49,3 bilhões.

Saiba Mais: Apple e Tesla disparam na Nasdaq após desdobramentos de ações

A Cisco investiu pesadamente para construir sua receita de assinaturas focadas em software e diversificar os negócios para evitar que fiquem excessivamente focados em seu hardware de switch e roteador, entretanto a pandemia de coronavírus e as condições econômicas resultantes levaram a uma desaceleração nos gastos das empresas, pressionando as vendas.

 

Apesar da alta registrada pelo Nasdaq 100 no mês de agosto, o encerramento do mercado acionário dos EUA na primeira semana de setembro teve recuo de 1,27%, para 11.313,13 pontos.

Rafaela La Regina

Compartilhe sua opinião