Política

MPF denuncia Joesley, Mantega, Palocci e mais 9 por apoio do BNDES à JBS

0

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou à Justiça nesta quinta-feira (14) 12 pessoas acusadas de crimes envolvendo um suposto esquema de corrupção e fraudes para liberar R$ 8,1 bilhões em aportes do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) na JBS.

Entre os envolvidos na operação do MPF, está os ex-ministros da Fazenda Antônio Palocci, além do empresário Joesley Batista. A ação pede reparação de R$ 5,5 bilhões aos cofres públicos e R$ 3,74 bilhões como indenização. O valor emprestado pelo BNDES foi utilizado pelo grupo J&F na compra outras empresas do ramo de carnes, como a norte-americana Swift.

Saiba mais: Forbes: Luciano Hang, da Havan, e irmãos Batista estão entre novos bilionários

Em 2017, o Tribunal de Contas da União (TCU) apontou prejuízo de R$ 70 milhões aos cofres do BNDES após o banco comprar ações da J&F como forma de aportar dinheiro na empresa. A estatal pagou R$ 0,50 a mais por ação, o que favoreceu a J&F duas vezes.

Saiba mais: BNDES dá mais transparência a dados de carteira de ativos da BNDESPar

As acusações ao grupo envolvem:

  • Formação de quadrilha;
  • Corrupção ativa e passiva;
  • Gestão fraudulenta;
  • Prevaricação financeira;
  • Lavagem de dinheiro;

Denúncia

A denúncia possui 355 páginas e é assinada pelo procurados regional da República, Francisco Guilherme Vollstedt e pelo procurador da República Ivan Cláudio Garcia Marx.

De acordo com a ação, Joesley Batista “corrompeu” Victor Sandri, que foi indicado como operador de Guido Mantega, presidente do BNDES entre 2004 e 2006, para ter acesso ao político. Depois, usou a ligação com Mantega para “exercer influência sobre o novo presidente da instituição, Luciano Coutinho”.

Os investigadores dizem que Coutinho, já no cargo, deu continuidade e ampliou o esquema, “aceitando investimentos sem análises adequadas, em valores superiores ao necessário”.

Segundo o procurador Ivan Cláudio Marx, a denúncia se baseou nos argumentos do Tribunal de Contas da União (TCU).

Saiba mais: CVM abre mais três inquéritos administrativos envolvendo a J&F

“O TCU tem uma forma muito peculiar de identificar responsabilidades. Não é uma denúncia genérica, é muito bem detalhada sobre a participação de cada membro do BNDES, cada documento, cada decisão e cada prejuízo decorrente de cada decisão”, disse Marx.

Lista de denunciados (em ordem alfabética):

  • André Gustavo Salcedo Teixeira Mendes
  • Caio Marcelo De Medeiros Melo
  • Eduardo Rath Fingerl
  • Fábio Sotelino Da Rocha
  • Gonçalo Ivens Ferraz Da Cunha E Sá,
  • Guido Mantega, Antonio Palocci Filho
  • Joesley Mendonça Batista
  • José Cláudio Rego Aranha E
  • Leonardo Vilardo Mantega
  • Luciano Galvão Coutinho
  • Victor Garcia Sandri

Compartilhe a sua opinião

Renan Dantas
Escreve sobre política e mercado financeiro para o portal Suno Notícias. Antes, atuou na assessoria de comunicação do Ministério Público do Trabalho e na Rádio Mackenzie, onde apresentava e produzia um programa sobre artistas da música brasileira. É estudante na Universidade Presbiteriana Mackenzie.