Mirae troca duas ações em carteira recomendada semanal

Mirae troca duas ações em carteira recomendada semanal
Mirae troca duas ações em carteira recomendada semanal

A Mirae Asset informou nesta segunda-feira (26) que fez duas alterações na carteira recomendada semanal de ações do Ibovespa, o principal índice acionário da bolsa de valores de São Paulo (B3). A gestora trocou as ações Indústrias Romi (ROMI3) e WEG (WEG3) pelos papéis de Cyrela (CYRE3) e Santander (SANB11).

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Segundo a Mirae, o período continua com grandes incertezas, dado que a retomada da economia mundial ainda passa pelo novo coronavírus (covid-19) e como ele ainda pode afetar o mundo.

“Fatores de influência no mercado financeiro global continuarão sendo a eventual aprovação de um novo programa de estímulo nos EUA e notificações sobre o avanço do covid-19 no mundo. Qualquer informe sobre estes temas terá força para influenciar o mercado financeiro global”, disse, em nota, a gestora.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

Além disso, há uma série de indicadores que poderão influenciar os mercados, de acordo com a Mirae:

  • Na segunda-feira os destaques ficam com o CFNAI – Índice de Atividade Nacional e vendas de moradias novas, ambos indicadores nos EUA.
  • Na terça-feira sai encomendas de bens duráveis e confiança do consumidor, também ambos nos EUA.
  • Na quarta-feira acontece reunião do Copom e decisão sobre a Selic. Nos EUA saem balança comercial e estoques de petróleo semanal.
  • Na quinta-feira sai IGP-M de outubro, o CAGED com dados de emprego e novo leilão de NTN-F e LTN pelo Tesouro Nacional. Nos EUA saem pedidos de auxílio desemprego, o PIB do 3T20 e vendas de moradias usadas. Na Zona do Euro acontece a reunião do BCE para definir juros.
  • Na sexta-feira sai PIB do 3T20 e inflação (CPI) na Zona do Euro. Nos EUA saem dados de inflação e indicador de confiança do consumidor. Aqui teremos os dados do PNAD Contínua (taxa de desemprego) de agosto e á noite saem na China os PMIs de outubro para indústria, serviços e composto.

Além de Santander e Cyrela, a carteira da Mirae ainda conta com as ações de Cosam (CSAN3), Gerdau (GGBR4), Iochpe-Maxion (MYPK3), Magazine Luiza (MGLU3), Randon (RAPT4), Vale (VALE3) e Via Varejo (VVAR3).

Mirae opta por Cyrela e Santander

A Mirae informou também que optou por incluir os papéis da Cyrela (CYRE3) pois, apesar de ter o resultado impactado pela pandemia, a companhia deve se beneficiar do ambiente macro.

“O cenário de retomada da economia e juros baixos são positivos para a empresa e para o setor”, disse a gestora, em nota.

Já em relação ao Santader (SANB11), que também entra na carteira deste semana, a Mirae afirma que a opção ocorre apesar do resultado fraco demonstrado no último trimestre, já esperado por investidores.

“A busca por maior fatia de mercado pode ser observada com o crescimento no 2T20 de sua carteira de crédito em 47% em relação ao mesmo período de 2019. Esperamos recuperação de resultados e de ROE no 3T20, com mensagem positiva parta os próximos meses”, disse a Mirae, em nota.

Vinicius Pereira

Compartilhe sua opinião