Internacional

Coronavírus: Ministro alemão comete suicídio por preocupações com o atual cenário

0

O ministro de Finanças do estado de Hesse, na Alemanha, Thomas Schafer, de 54 anos, foi encontrado morto em uma linha de trem, localizada entre Frankfurt e Mainz, no último sábado (28). De acordo com o Ministério Público de Wiesbaden, a hipótese principal é a de suicídio por conta do atual cenário relacionado ao coronavírus.

Schaefer estava no cargo de ministro das Finanças do local há uma década. O ministro-presidente do estado de Hesse, Volker Bouffier, disse neste domingo (29) que Schaefer estava trabalhando “dia e noite” para conter os impactos do Covid-19 na economia. “Hoje podemos dizer que estava profundamente preocupado”, afirmou Bouffier sobre Schaefer.

Veja também: Como a Coréia do Sul conseguiu enfrentar o coronavírus sem lockdown

Segundo informações do jornal “DW”, o político teria deixado um bilhete antes de cometer o ato. Segundo Bouffier, a principal preocupação do ministro era se ele conseguiria atender às grandes expectativas do povo, “especialmente em termos de ajuda financeira”. “Para ele, claramente não havia saída. Ele ficou decepcionado e teve que nos deixar. Isso nos chocou, me chocou”, acrescentou Bouffier.

Coronavírus na Alemanha e no mundo

Segundo o Instituto Robert Koch (RKI), o número de casos confirmados de coronavírus (Covid-19) chegou a marca de 52.547 neste domingo. Nas últimas 24 horas, foram registrados 3.965 novas pessoas infectadas pelo vírus. O número total de mortos no país é de 389.

De acordo com dados de autoridades nacionais e da Organização Mundial da Saúde (OMS), que foram compilados pela agência “AFP”, e divulgados no último sábado (28), já são mais de 640.770 pessoas infectadas pelo coronavírus (Covid-19) no mundo e 30.003 casos fatais.

Saiba mais: Bolsa em queda livre!? Aproveita as maiores oportunidades da bolsa brasileira com nosso acesso Suno Premium

Apenas entre sexta e sábado, foram registradas 3.417 novos casos fatais e 68.734 novos pacientes contagiados. A Itália, neste intervalo de horas, foi a que mais sofreu de todos os países, com 889 novas mortes pela doença, seguida de Espanha (832) e Estados Unidos (453).

A Itália, com isso, soma 10.023 casos de morte causados pelo coronavírus e 92.472 infectados. Por outro lado, segundo números de autoridades italianas, 12.384 pessoas se recuperaram da doença.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.