Melnick Even, subsidiária da Even (EVEN3), pede registro para IPO

Melnick Even, subsidiária da Even (EVEN3), pede registro para IPO
Melnick levantou R$ 713,5 milhões, com 73 milhões de ações. Foto: divulgação

A Melnick Even, subsidiária da Even (EVEN3), pediu registro para realizar uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores de São Paulo (B3). A informação foi divulgada nessa sexta-feira (31) pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A CVM ainda informou que a operação de IPO Melnick Even, deve incluir ofertas primária e secundária. Segundo a companhia, o dinheiro oriundo da oferta primária deve ser usado na compra de terrenos.

Vale destacar que na oferta primária a companhia oferta ações pela primeira vez, e o valor arrecadado gera caixa para a empresa. Já na secundária, não são emitidas novas ações, de modo que representa a transferência de ações já existentes entre investidores, não gerando caixa para a empresa.

Suno One: o primeiro passo para alcançar a sua independência financeira. Acesse agora, é gratuito!

Além disso, o BTG Pactual (BPAC11)Itaú BBA, XP e Safra serão os coordenadores da oferta.

Aumento de construtoras e incorporadoras na Bolsa de Valores

Mais de 10 empresas do setor imobiliário, sendo construtoras ou incorporadoras, deverão abrir capital neste ano. Caso os IPOs saiam como previsto, é estimado que o setor pode captar R$ 15 bilhões com essas operações. Também será a maior entrada de empresas de construção na bolsa de valores em mais de 10 anos.

Atualmente, são 21 empresas do setor listadas na B3. Este número deve passar de 30 ao final de 2020.

O número de incorporadoras listadas passará de 21 para mais de 30 até o fim do ano. A construtora Cury e a incorporadora Lavvi são exemplos de empresas que estão em fases avançadas para darem entrada na bolsa. Antes da chegada da pandemia de coronavírus ao Brasil, este setor estava em alta com a ampliação de lançamentos e vendas há cerca de dois anos.

Conheça a Melnick Even

A Melnick Even é uma das maiores empresas do setor imobiliário de Porto Alegre (RS). Ela opera há 20  anos no Rio Grande do Sul, ao passo que seu negócio principal consiste em realizar projetos residenciais de médio e alto padrão, além de salas comerciais.

No total, a subsidiária da Even já fez cerca de 30 empreendimentos e 1,5 mil apartamentos. A companhia ainda possui uma empresa que administra as vendas das imobiliárias parceiras e de uma construtora de obras comerciais e industriais na região.

Veja também: Even: Vendas líquidas da empresa caem 39% no 2T20

O CEO da Melnick Even é Leando Melnick. Ele também é o presidente da Even e o vice-presidente do conselho de administração da incorporadora.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião