Política

Rodrigo Maia: Congresso irá aprovar a Previdência apesar do governo

0

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), rebateu as críticas feitas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a reforma de Previdência.

Rodrigo Maia afirmou que o Congresso aprovará a reforma e que está tentando blindar o parlamento das crises do governo. “Nós blindamos a reforma das crises que são geradas todos os dias pelo governo. Cada dia um ministério gerando uma crise”, afirmou.

O deputado disse também que Paulo Guedes está gerando uma crise desnecessária.

“A vida inteira o ministro da Economia sempre foi o bombeiro das crises. Agora o bombeiro vai ser a Câmara. Nós não vamos dar bola para o ministro Paulo Guedes com as agressões que ele fez agora ao parlamento”, declarou Maia.

O parlamentar ressaltou que a Câmara quer garantir uma economia fiscal de R$ 900 bilhões em 10 anos. Com esse valor, Maia afirmou que não será necessário realizar uma nova reforma no futuro, refutando as declarações de Guedes.

“Acho que ele (Guedes) está errado. R$ 900 bilhões é uma economia que está muito próxima de R$ 1 trilhão. É uma economia muito grande para um governo que não tem base”, disse o presidente da Câmara.

Paulo Guedes demonstra insatisfação com nova Previdência

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a proposta de reforma da Previdência divulgada pelo relator Samuel Moreira (PSDB-SP) aborta a proposta de capitalização e cede a privilégios.

Saiba mais: Paulo Guedes afirma que deputados abortaram a nova Previdência

“Eu acho que houve um recuo que pode abortar a Nova previdência. As pressões corporativas de servidores do legislativo forçaram o relator a abrir mão de R$ 30 bilhões para os servidores do legislativo que já são favorecidos no sistema normal”, disse Paulo Guedes.

Segundo Rodrigo Maia, o ministro falhou com a democracia em suas declarações. Para ele, Guedes não respeitou o que Maia chamou de “adversário”.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Almeida
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.