Magazine Luiza (MGLU3): todo player olha privatização dos Correios com interesse

Magazine Luiza (MGLU3): todo player olha privatização dos Correios com interesse
Todo player olha privatização dos Correios com interesse, afirmou o presidente do Magazine Luiza

O presidente-executivo do Magazine Luiza (MGLU3), Frederico Trajano, pontuou nesta quarta-feira (21) que “todo player olha a privatização dos Correios com muita proximidade e muito interesse”.

O diretor executivo da gigante do varejo avaliou que o mercado brasileiro ainda é muito concentrado nos Correios, afirmando, em webinar do Conselho Empresarial Brasil-China, que essa “dependência tem de diminuir”. O CEO do Magazine Luiza, no entanto, não realizou mais comentários sobre um possível interesse na aquisição da companhia estatal.

“Infelizmente, por sermos uma empresa de capital aberto, não posso responder”, declarou Trajano. Apesar disso, o executivo afirmou que o Magalu tem feito uma série de compras do ramo de logística justamente para diminuir a dependência desse serviço. “Estamos fazendo várias aquisições para reduzir dependência dos Correios”, salientou.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Magalu faz aquisições estratégicas

Ainda durante o webinar, Frederico Trajano declarou que todas as aquisições recentes da companhia fazem parte de uma estratégia de ecossistema do grupo. “Pode parecer que não, mas todas se encaixam no quebra-cabeça do nosso ecossistema. Nessa soma, dois mais dois são cinco. Pois as aquisições potencializam as forças umas das outras”, ressaltou o CEO.

O executivo exemplificou que a compra do site de notícias de tecnologia CanalTech, por exemplo, ocorre em vista de que a empresa “já vendia muito” por meio do portal. A aquisição mais recente, da plataforma de cursos ComSchool, por sua vez, vem dentro da estratégia de digitalizar o varejo brasileiro. “Quando falamos de inclusão digital, precisamos de educação para capacitar esse seller”, explicou Trajano.



Além disso, também nos últimos meses, o Magazine Luiza adquiriu as startups AiQFome, Hubsales e Stoq, a plataforma de mídia da Inloco. O movimento acontece após a companhia captar R$ 4,2 bilhões em uma oferta de ações em novembro passado.

Com informações do Estadão Conteúdo

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião