Magazine Luiza (MGLU3): Conselho aprova desdobramento de ações

Magazine Luiza (MGLU3): Conselho aprova desdobramento de ações
As ações do Magazine Luiza (MGLU3) abriram em queda nesta quinta. Por volta das 10h15, os papéis da varejista recuavam 1,25%.

O Magazine Luiza (MGLU3) informou, na manhã desta sexta-feira (18), que seu Conselho de Administração, aprovou, por unanimidade e sem quaisquer ressalvas, a proposta de desdobramento de ações da companhia. A informação foi divulgada por meio de um fato relevante.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Agora, a proposta irá para a Assembleia Geral Extraordinária da varejista. Segundo o Magazine Luiza, a totalidade das ações de sua emissão será desdobrada de uma para quatro. Atualmente, a empresa possui 1.624.731.712 ações ordinárias, entre papéis em circulação, sob posse de controladores e detidas em tesouraria.

A empresa salientou que, após a operação, o capital social da companhia permanecerá o mesmo, de R$ 6,07 bilhões, dividido em 6.498.926.848 papéis ordinários, todos nominativos, escriturais e sem valor nominal.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

De acordo com a varejista, “a realização da operação de desdobramento das ações ordinárias de emissão da companhia tem como principal objetivo conferir melhor patamar para a cotação das ações a fim de torná-las mais acessível aos investidores”. Atualmente, as ações do Magalu são negociadas a R$ 87,10, após uma alta de quase 150% nos últimos 12 meses.

A presidente do Conselho da empresa convocará a assembleia para submeter a proposta à discussão e deliberação dos acionistas, e manterá os investidores e o mercado em geral devidamente informados sobre a proposta, bem como sobre a data na qual os papéis passarão a ser negociados desdobrados.

Magazine Luiza anunciou novo programa de recompra de ações

O Magazine Luiza informou, no dia 26 de agosto deste ano, que seu Conselho aprovou a criação de um novo programa de recompra de ações de sua própria emissão.

Poderão ser adquiridas até 10 milhões de ações ordinárias, equivalentes, atualmente, a 0,62% das ações totais emitidas pela companhia e a 1,49% das ações em circulação da companhia. O prazo máximo para aquisição das referidas ações é de 18 meses.

A companhia também comunicou o encerramento do programa de recompra de ações criado em 21 de fevereiro de 2019. O Magazine Luiza informou que desde a criação do programa de recompra encerrado na data em questão foram adquiridas 6.767.500 ações ordinárias de emissão da empresa. O preço médio das ações adquiridas foi de R$ 34,75.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião