Magazine Luiza finaliza compra da Estante Virtual por R$ 31 mi

Magazine Luiza finaliza compra da Estante Virtual por R$ 31 mi
Magazine Luiza (MGLU3) anuncia sistema de cashback

A Magazine Luiza (MGLU3) finalizou a compra da Estante Virtual nesta quinta-feira (30). A aquisição da subsidiária da Livraria Cultura teve um custo de R$ 31 milhões.

A compra da Estante Virtual, maior sebo digital de livros do Brasil, foi realizada no leilão feito pela 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo. A Magazine Luiza foi a única empresa interessada na compra.

A Magazine Luiza tinha manifestado seu interesse em adquirir a Estante Virtual em novembro de 2019.

O site tinha sido adquirido em 2017 pela Cultura. Entretanto, menos de um ano depois, apresentou um pedido de recuperação judicial. Na ocasião, o valor da empresa foi estimado em R$ 44 milhões.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) autorizou em dezembro a Magazine Luiza a seguir em frente na compra.

Marketplace da Magazine Luiza cresce 300% em um ano

A compra da Estante Virtual se insere na estratégia de crescimento do e-commerce da Magalu. Em junho de 2019 a varejista adquiriu a Netshoes por US$ 127,3 milhões para consolidar sua presença on line.

Os investimentos em tecnologia tiveram seus resultados. Por exemplo, o marketplace da gigante varejista cresceu 300% em apenas um ano. O volume transacionado passou de R$ 213 milhões no fim de 2018 para R$ 854 milhões ao fim de 2019. Aproximadamente 54% das vendas on-line da empresa ocorrem pelo aplicativo.

Saiba mais: Magazine Luiza faz oferta vinculante para comprar Estante Virtual

As vendas do e-commerce representaram 48,3% das vendas totais da varejista no terceiro trimestre de 2019. Essas últimas, por sua vez, incluindo lojas físicas, e-commerce tradicional (1P) e marketplace (3P) cresceram 46,9% para R$6,8 bilhões. Um reflexo do aumento de 96,0% no e-commerce total (sobre um crescimento de 54,6 % no 3T18) e 19,0% nas lojas físicas (crescimento mesmas lojas de 9,4% sobre alta de 16,3% no 3T18).

Além disso, a Magalu anunciou em dezembro que lançará uma conta digital. A conta, denominada Magalu Pay, estará integrada ao ‘super app’ da varejista.

A plataforma virtual permitirá que os consumidores paguem boletos, façam transferências, comprem nas lojas físicas da Magazine Luiza via QR Code e no ecommerce. Além disso, o aplicativo indicará por geolocalização qual é a loja da varejista mais próxima do cliente.

Carlo Cauti

Compartilhe sua opinião