Negócios

M. Dias Branco (MDIA3) mantém assembleia dos acionistas em abril

0

A empresa de alimentos M. Dias Branco (MDIA3) informou na última sexta-feira (27) a manutenção da assembleia geral de acionistas convocada para 9 de abril.

Todavia, a M. Dias Branco salientou como seria mais adequado que seus acionistas participem através de votação a distância. Uma medida provocada pelo surto de coronavírus (covid-19).

Além da assembleia dos acionistas, também as reuniões já previstas dos órgãos da administração como:

também foram mantidas. Elas serão realizadas através de videoconferência nas datas programadas.

Segundo a empresa, até o momento não foram registrados efeitos significativos em suas operações provocados pela pandemia de coronavírus. Entretanto, salientou que vai manter os acionistas e o mercado “devidamente informados em caso de mudanças significativas do cenário e do consequente impacto em seus negócios”.

Saiba mais: M. Dias Branco (MDIA3) registra alta de 89,5% no lucro líquido do 4T19

A empresa salientou em comunicado que “vem adotando as medidas necessárias e recomendáveis” à mitigação dos efeitos decorrentes do avanço da pandemia de coronavírus, com o objetivo de garantir a saúde de seus colaboradores e a manutenção do abastecimento de seus produtos.

M. Dias Branco cria comitê de crise contra coronavírus

No documento, a M. Dias Branco informou que foi criado um comitê de crise para enfrentar o surto de coronavírus e tratar das ações necessárias nas áreas de:

  • gestão de pessoas
  • clientes e marcas
  • cadeia de suprimentos
  • financeira

Os funcionários da empresa agora têm a opção de trabalhar de home office e foram dispensados das atividades presenciais todos os que estão no grupo de risco. A produtora de alimentos também cancelou viagens e participação em eventos onde ocorrem aglomerações de pessoas.

Em último, foi criado um plano de contingência com abertura de 500 vagas temporárias, “para manter o nível de atendimento às demandas do mercado sem comprometer a saúde dos funcionários”.

“O acompanhamento para garantir o atendimento a nossos clientes e a continuidade de toda nossa cadeia de suprimento foi intensificado”, informou a M. Dias Branco, explicado que foram criadas medidas para preservação e potencialização do caixa da empresa, “de forma a manter a reconhecida solidez financeira da companhia”.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Carlo Cauti
Editor-chefe do SUNO Notícias. Italiano, formado em Ciências Políticas pela universidade LUISS G. Carli de Roma e mestre cum laude em Relações Internacionais, Jornalismo Internacional e de Guerra e em Economia Internacional. Concluiu também um MBA em Finanças na B3. No Brasil, teve passagem por veículos de comunicação como O Estado de S.Paulo, G1, Veja e EXAME. Também trabalhou nas agências de notícias italianas ANSA e NOVA.