Negócios

Lojas Marisa divulga oferta de ações que poderá movimentar R$ 654,5 mi

0

A Lojas Marisa (AMAR3) anunciou nesta terça-feira (26) que a realização de uma oferta pública primária de ações foi aprovada pelo seu Conselho de Administração.

A rede varejista de moda anunciou que a oferta contará inicialmente com 46,8 milhões de ações, havendo a possibilidade de aumentar a emissão dos papéis. Segundo a Lojas Marisa, a oferta pode ser elevada com um lote suplementar de 9,3 milhões de ações (20% do lote principal) e um lote adicional de 5,2 milhões (11%).

Black Friday Suno – pague 2 anos e leve 3 nas principais assinaturas da Suno Research

O preço por papel será definido apenas depois do procedimento de bookbuilding. No entanto, a companhia indica como possível valor a cotação de fechamento na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) na última segunda-feira (25), de R$ 10,65.

Saiba mais: Lojas Marisa registra prejuízo líquido de R$ 76 milhões no 3T19

Dessa forma, dependendo da utilização ou não dos lotes suplementar e adicional no mercado, a oferta poderia movimentar entre R$ 499,2 milhões e R$ 654,5 milhões. Os bancos que participarão do processo são:

  • Itaú BBA
  • Bradesco BBI
  • Bank of America Merrill Lynch Banco Múltiplo S.A
  • BB – Banco de Investimento

Segundo a empresa, os recursos líquidos arrecadados com a oferta terão como destino a amortização e/ou liquidação de dívidas e para reforço do capital de giro.

Lojas Marisa fecha parceria com Magazine Luiza

O Magazine Luiza (MGLU3) irá comercializar produtos do setor eletrônico na lojas físicas da Lojas Marisa. O projeto é denominado “store in store”. Serão mais de 500 lojas da varejista de moda com o serviço incluso. O anúncio da parceria foi feito na manhã da última quinta-feira (21).

A ideia do Magalu é expandir sua base de clientes de forma significativa com a nova operação. A varejista oferecerá smartphones e acessórios para eletrônicos, além de serviços digitais.

Clientes que moram no Rio de Janeiro e em Brasília tem motivos para comemorar. Isso porque o Magalu ainda não possui lojas físicas nos dois locais e a opção “Retire na Loja” agora ficará disponível com a parceria firmada com a Lojas Marisa, tornando possível a retirada de produtos na varejista de moda.

Compartilhe a sua opinião

Jader Lazarini
Jader Lazarini escreve sobre mercado financeiro, política e economia para o portal de notícias da Suno Research. Anteriormente, trabalhou na Unidas. Estuda Relações Internacionais na Universidade Anhembi Morumbi.