Negócios

Locaweb estuda iniciar o processo para seu IPO

0

A Locaweb, companhia do segmento de serviços de tecnologia e hospedagem de sites, iniciou os estudos junto aos bancos para a sua abertura de seu capital. Já estão sendo apresentadas propostas estratégicas para que a oferta pública inicial de ações (IPO) seja realizada.

De acordo com o jornal “Valor Econômico”, a Locaweb já demonstrava um potencial para o IPO nos últimos anos, expandindo seus negócios e apresentando bons resultados. No mês passado, comprou a Delivery Direto, empresa que cria sites e aplicativos para restaurantes.

Locaweb analisa opções de expansão

O CEO da empresa, Fernando Cirne, afirma que um processo de abertura de capital deve acontecer em até três anos. Cirne sempre carrega consigo uma apresentação atualizada dos dados financeiros e operacional da companhia.

Em 2018, a Locaweb reportou uma receita bruta de R$ 371 milhões. Neste ano, a expectativa é de atingir R$ 450 milhões. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou em R$ 83 milhões ano passado, podendo chegar a R$ 105 milhões até o final de 2019.

De toda a operação comercial da Locaweb, 97% é recorrente. Ou seja, quase tudo que a empresa vende, vem de contratos com duração de vários meses. Isso faz com que a volatilidade de receitas seja baixa – um atrativo para os potenciais investidores, segundo especialistas.

Veja também: Vivara vai estrear na B3 avaliada em R$ 5,67 bilhões

As famílias Gautner e Gora, fundadoras da empresa, tem como sócio um fundo da gestora de private equity Silver Lake Partner. A parceria teve iníco em 2010.

A Locaweb reafirmou ao “Valor Econômico” que o IPO “continua sendo uma opção de saída para o nosso fundo e captação de recursos no médio prazo. Falamos com bancos frequentemente com o intuito de avaliar oportunidades para a Locaweb, por exemplo, M&A [fusões e aquisições]”.

Compartilhe a sua opinião

Jader Lazarini
Jader Lazarini escreve sobre mercado financeiro, política e economia para o portal de notícias da Suno Research. Anteriormente, trabalhou na Unidas. Estuda Relações Internacionais na Universidade Anhembi Morumbi.