Linx (LINX3): B3 rejeita multa proposta por Stone sobre negócio

Linx (LINX3): B3 rejeita multa proposta por Stone sobre negócio
A assembleia de acionistas da Linx (LINX3) aprovou a proposta de venda da empresa para a Stone, que espera a aprovação do Cade.

A B3 informou na última sexta-feira (24) que rejeitou a multa imposta pela Stone (NASDAQ: STNE) à Linx (LINX3) , que seria aplicada caso os acionistas da Linx rejeitassem a dispensa da adesão da companhia que será criada após a incorporação ao Novo Mercado. Segundo a Bolsa, a multa infringe o regulamento do segmento.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

No dia 17 de novembro os acionistas da Linx conversarão sobre a oferta feita pela Stone, durante uma assembleia. Entretanto, caso o negócio não seja aprovado pela Linx, a companhia deverá pagar uma multa de R$ 112,5 milhões à Stone.

De acordo com documento visto pelo jornal ‘Valor Econômico’, a B3 aponta que “acionistas das companhias listadas no Novo Mercado, com ou sem acionista controlador, não devem sofrer qualquer tipo de influência que prejudique ou vicie o voto na deliberação de que trata o artigo 46 de seu regulamento”.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Além disso, a Bolsa salienta que “impor multa sobre a manifestação de vontade do acionistas (que não participou da negociação) de manter a companhia resultante listada no Novo Mercado é prejudicial à plena manifestação de vontade do acionista”.

Linx marca para 17 de novembro assembleia sobre acordo com Stone

A Linx  informou ao mercado que seu conselho de administração marcou para 17 de novembro a assembleia de acionistas para aprovação do negócio com a Stone.

Ademais, o conselho havia aprovado manifestações favoráveis a dispensas de realização de oferta pública de aquisição (OPA) e para que a Stone liste suas ações no Novo Mercado, se o acordo coma Linx for bem-sucedido.

Saiba mais: Linx (LINX3) afirma que Stone não está planejando nova oferta pela companhia

O colegiado informou que irá se posicionar favoravelmente para que a Linx permaneça em tratativas com a Totvs (TOTS3), caso a assembleia de acionistas rejeite o acordo com a Stone.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião