Linx (LINX3) diz que vai analisar eventual nova oferta da Totvs (TOTS3)

Linx (LINX3) diz que vai analisar eventual nova oferta da Totvs (TOTS3)
Stone aumenta oferta para Linx (LINX3) no dia da AGE

A fabricante de softwares voltados para o varejo Linx (LINX3) comunicou nesta sexta-feira (9) que irá estudar uma eventual nova proposta de aquisição feita pela rival Totvs (TOTS3).

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

A Linx, no entanto, não especificou no comunicado qual seria a nova proposta da empresa, que na última quinta-feira (8) estendeu o prazo para 17 de novembro para que a produtora de softwares possa analisar o negócio.

“A companhia, por meio do comitê independente, analisará a nova proposta apresentada pela Totvs por meio de fato relevante de ontem, emitindo sua avaliação oportunamente, sempre em vista do melhor interesse da Linx e de seus acionistas”, comunicou a Linx.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

A Totvs publicou, na quinta-feira, que a combinação de negócios com a produtora de softwares poderia gerar sinergias operacionais estimadas de cerca de R$ 3,2 bilhões e citou a possibilidade “de majoração da proposta, se e quando julgar adequada” juntamente com críticas à administração da companhia.

A imbróglio pela Linx se arrasta desde outubro, na disputa entre a companhia de meios de pagamentos Stone (NYSE: STNE), pela qual a produtora de software tem preferência, e a Linx.

Totvs está disposta a elevar oferta pela Linx

Em entrevista ao jornal “Valor Econômico”, presidente do conselho de administração da Totvs, Laércio Consentino, afirmou estar disposto a elevar a oferta pela produtora de software para o varejo.

Inicialmente, a Totvs tinha oferecido R$ 6,1 bilhões pela Linx, porém, em um segundo momento, a Stone aumentou sua proposta para R$ 6,28 bilhões.

Consentino afirmou que, além de estar disposto a aumentar a oferta, estava confiante com a proposta, pois teria o apoio de acionistas da Linx, segundo conversas reservadas. “Tudo o que queremos é que as duas propostas sejam levadas à deliberação. A decisão da assembleia é soberana”.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião