Imóveis

Leilão de imóveis do BB em SP terá descontos próximos a 50%

0

O Banco do Brasil leiloará no dia 28 de agosto em São Paulo, 117 imóveis espalhados por 51 cidades do estado.

Entre os imóveis oferecidos estão:

  • apartamentos;
  • casas residenciais;
  • terrenos;
  • prédios comerciais;
  • agências desativadas do BB;

A leiloadora “Lance no Leilão” é quem irá organizar as rodadas.

Em relação a eventuais dívidas dos imóveis, por exemplo IPTU e condomínio, o Banco do Brasil se responsabilizará pela quitação das mesmas até que o registro da transferência da titularidade seja efetivado ao arrematante.

Descontos dos imóveis

Os descontos no evento variam e podem, até mesmo, passar dos 50%. Dentre os imóveis, o prédio de uma antiga agência localizada na Rua Augusta, tem desconto de 48% e é oferecido por um lance mínimo de R$ 2,8 milhões.

 Saiba mais: Vendas de imóveis residenciais novos em São Paulo tem crescimento de 41% 

Já nos imóveis fora da capital, existem opções desde um terreno com 1.620,11m² no Guarujá pelo lance inicial de R$317 mil até um apartamento de 51,68m² em São Bernardo do Campo pelo lance inicial de R$53 mil. O edital do leilão contendo a descrição de todos os imóveis está disponível no site da “Lance no Leilão”

O menor lance do Leilão é o de uma casa na cidade de Panorama, pelo valor de R$11,1 mil. A inscrição para participação deverá ser realizada no site da Lance no Leilão.

Banco do Brasil obtém lucro líquido de R$ 4,4 bilhões

Nesta quinta-feira (8) o Banco do Brasil divulgou seu balanço do segundo trimestre de 2019. A instituição financeira registrou lucro líquido ajustado de R$4,4 bilhões, em comparação com o mesmo período no ano anterior, esse valor representa alta de 36,8%.

 Saiba mais: Banco do Brasil registra lucro líquido ajustado de R$ 4,4 bi, alta de 36,8%

Por sua vez, o lucro líquido contábil do Banco do Brasil registrou crescimento de R$ 4,2 bilhões, crescimento de 34,2%, em comparação de base anual.

De acordo com a instituição, esse resultado “foi influenciado pelos aumentos da margem financeira bruta e das rendas de tarifas além do controle de custos, que desempenharam abaixo da inflação”.

O leilão de imóveis deve contribuir para o aumento do lucro líquido do Banco do Brasil no próximo trimestre.

Compartilhe a sua opinião

Rafael Lara
Rafael Lara cursa jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. Escreve sobre política, economia e negócios para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na TV Gazeta na produção do programa Edição Extra.