Klabin (KLBN11) enxerga melhora na demanda, mas mantém cautela

Klabin (KLBN11) enxerga melhora na demanda, mas mantém cautela
A Klabin (KLBN11) informou que julho foi um período positivo de vendas e agosto já apresentou preços estáveis

O diretor da unidade de celulose da Klabin (KLBN11), Alexandre Nicolini, afirmou que a companhia já observou uma melhora nas vendas na divisão para o próximo trimestre, porém ainda mantém a cautela.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

“Entramos o terceiro trimestre com uma visão mais cautelosa por se tratar de um período mais calmo pela sazonalidade do mercado, mas no mês de julho já notamos uma melhora na demanda em relação a junho. Houve um descolamento do preço do eucalipto de outras fibras curtas”, declarou o executivo da Klabin, durante teleconferência.

O diretor detalhou que no mês de julho foi um período positivo de vendas e agosto já apresentou preços estáveis na na Europa e na China. Dessa forma, a perspectiva é de um trimestre melhor no segmento de papéis não revestidos, cujos estoques estão em recomposição, salientou o executivo.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Além disso, Nicolini informou que o área de papéis fins sanitários permanece saudável, apesar de não ser possível observar o mesmo “boom” do período inicial da pandemia do novo coronavírus.

“É cedo para falar em aumento de preço, será um trimestre mais estável. No quarto trimestre podemos ver um mercado diferente se a tendência se sustentar”, afirmou o diretor da Klabin, acrescentando que a empresa enxerga uma melhora no mercado interno e uma estabilidade no mercado externo. “Na China tem reconstrução de estoques e na Europa, embora não haja reconstrução, as vendas estão melhores”, complementou.

Klabin espera repetir bom desempenho com embalagens do 2T20

A companhia informou que espera repetir o bom desempenho registrado no segundo trimestre deste ano no segmento de embalagens, que obteve uma aumento de 7% no volume de vendas.

“Tivemos um desempenho melhor do que o mercado. Houve um ligeiro crescimento no mercado de caixas, com recuperação em junho, e julho com demanda forte, sendo repetida em agosto. O terceiro trimestre deve mostrar um bom desempenho no mercado de embalagens”, afirmou o diretor de Embalagem da empresa, Douglas Dalmasi.

Para o executivo, o quatro trimestre de 2020 ainda deve ser positivo, mostrando alta acumulada no ano. No que tange à 2021, o diretor da Kablin afirmou que ainda não há expectativa para o futuro econômico do Brasil, mas afirmou que, se houver crescimento da atividade econômica do País, esse setor é um dos setores que cresce mais do que o Produto Interno Bruto (PIB).

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião