Negócios

JBS (JBSS3) registra lucro líquido de R$ 6 bilhões em 2019

0

A JBS (JBSS3) registrou um lucro líquido de R$ 6,1 bilhões no ano de 2019, trata-se do melhor ano da história da processadora de carne. Esse valor é equivalente a R$ 2,28 por ação.

No período do quarto trimestre do ano passado, a JBS registrou lucro líquido de R$ 2,4 bilhões com lucro por ação de R$ 0,91. A receita líquida, em 2019, foi de R$ 204,5 bilhões, a maior já registrada pela companhia, equivalente a US$ 57,1 bilhões. No quarto trimestre, a receita líquida foi de R$ 57,1 bilhões, correspondente a US$ 13,9 bilhões.

Resultado da JBS

O Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do ano foi recorde de R$ 19,9 bilhões, com a margem Ebitda ajustada de 9,7%. No período de setembro a dezembro, o Ebitda ajustado foi de R$ 5,7 bilhões, com margem de 9,9%.

“Em 2019, a JSB concluiu aquisições que totalizaram um valor de R$ 2,2 bilhões e irão conferir a companhia um receita incremental anual de mais de R$ 6 bilhões”.

A geração de caixa operacional aumentou 48,6%, do quarto trimestre em 2018 para 2019, total de R$ 5,1 bilhões. Em 2019, a JBS gerou R$ 17,1 bilhões em caixa nas atividades operacionais, um aumento de 49,1% frente ao ano anterior. O fluxo de caixa livre foi de R$ 9,5 bilhões, um aumento de 109,1% comparado a 2018.

Coronavírus e Mercado Financeiro | Saiba quais oportunidades você pode estar perdendo

A processadora encerrou 2019 com R$10,0 bilhões em caixa. Adicionalmente, a JBS USA possui US$1,9 bilhão disponíveis em linhas de crédito rotativas e garantidas, equivalentes a R$7,8 bilhões ao câmbio de fechamento do ano e conferindo à empresa uma disponibilidade total de R$17,9 bilhões, mais de oito vezes superior à dívida de curto prazo.

“Apesar da desvalorização de 3,9% no real em relação ao dólar no período, a dívida líquida em reais reduziu de R$47,2 bilhões para R$43,0 bilhões em 2019 com a alavancagem reduzindo de 3,18x para 2,16x no período. Em dólares, a dívida líquida reduziu em US$1,5 bilhão, de US$12,2 bilhões para US$10,7 bilhões ao fim de 2019 e a alavancagem reduziu de 3,01x para 2,13x neste mesmo período”, informou a JBS.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Poliana Santos
Poliana Santos escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na Rádio Gazeta AM, onde era responsável pela produção do programa Bom Dia Gazeta. É estudante da Faculdade Cásper Líbero.