Negócios

Itaú Unibanco anuncia Programa de Desligamento Voluntário

0

O Itaú Unibanco anunciou que o Programa de Desligamento Voluntário (PDV) iniciará no próximo mês. O comunicado foi divulgado ao mercado, na última segunda-feira (29).

“Esse programa tem o objetivo de dar a oportunidade de uma transição de carreira segura para quem tem interesse em deixar a empresa e para adequar suas estruturas à realidade do mercado, beneficiando colaboradores que se enquadram em alguns pré-requisitos. Os elegíveis poderão aderir ao PDV no período de 01 a 31 de agosto de 2019”, informou o Itaú.

Conforme a instituição, esse programa é para “todas as empresas controladas exclusivamente pelo Itáu Unibanco Holding S.A no Brasil”. Além disso, o banco reitera que a adesão é totalmente voluntária e explica que os funcionários poderão optar por dois pacotes de beneficios, são eles:

  1. pagamento de 0,5 salário por ano trabalhado (limitado a 6 salários) e manutenção do plano de saúde por 60 meses;
  2. pagamento de 0,5 salário por ano trabalhado (limitado a 10 salários) e manutenção de plano de saúde por 24 meses.

Ademais, “os pacotes possuem outros benefícios, tais como a participação nos lucros e resultados e pagamento de todas as verbas rescisórias legais”.

Itaú Unibanco registra lucro no 2T19

O Itaú Unibanco registrou lucro líquido de R$ 7,034 bilhões no segundo trimestre de 2019. O valor do lucro registrado pela instituição indica uma alta de 10,2%, em comparação com o mesmo período em 2018.

Além disso, o banco apresentou alta de 2,3% em comparação ao primeiro trimestre desse ano. O valor registrado entre janeiro e março foi de R$ 6,877 bilhões. Somatizando o lucro obtido no primeiro semestre, a instituição obteve R$ 13,9 bilhões, 8,7% a mais do que no ano anterior.

Saiba Mais: Itaú Unibanco registra lucro líquido de R$ 7,034 bilhões no 2ºT19

O patrimônio líquido do banco foi mais um índice que apresentou resultados positivos. O valor obtido foi de R$ 125,737 bilhões no segundo trimestre, 3,3% a mais do que o mesmo período de 2018 e 4,9% maior do que o primeiro trimestre deste ano.

“Com o bom encaminhamento da Reforma da Previdência e a consequente redução das incertezas em relação à sustentabilidade fiscal do País, acreditamos que a economia brasileira dará início a um processo gradual de recuperação” afirmou o presidente do Itaú Unibanco, Candido Bracher.

Compartilhe a sua opinião

Poliana Santos
Poliana Santos escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na Rádio Gazeta AM, onde era responsável pela produção do programa Bom Dia Gazeta. É estudante da Faculdade Cásper Líbero.