IRB Brasil (IRBR3) decide suspender projeções financeiras para 2020

IRB Brasil (IRBR3) decide suspender projeções financeiras para 2020
Após questionamentos, a CVM decidiu abrir um processo para analisar o relatório do UBS BB acerca das ações do IRB Brasil (IRBR3).

A IRB Brasil Resseguros (IRBR3) informou na noite da última quarta-feira (22), via fato relevante, que decidiu suspender suas projeções (guidance) para 2020. A decisão foi tomada pela nova diretoria executiva da empresa.

De acordo com o comunicado da IRB, a decisão está alinhada com as atuais condições do mercado, onde há muitas incertezas acerca dos impactos que ainda serão causados devido à pandemia de coronavírus (Covid-19).

Garanta acesso gratuito à eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas com um único cadastro. Clique para saber mais.

“Destaca-se, ainda, que tais projeções dependem, substancialmente, das condições gerais da economia, das condições do nosso mercado de atuação, bem como das condições regulatórias, ficando sujeitas às mudanças em função do novo cenário”, informou a empresa.

A IRB Brasil afirma também que, caso a diretoria julgue possível e confortável, em um próximo cenário, voltará a pensar na possibilidade de divulgar novas projeções financeiras revisadas.

A IRB encerra seu comunicado informando que “manterá seus acionistas e o mercado, oportuna e adequadamente, informados sobre quaisquer desdobramentos relevantes a respeito do tema acima mencionado”.

Mudanças no conselho administrativo da IRB Brasil

A resseguradora IRB Brasil anunciou na noite da última segunda-feira (20) mudanças em seu Conselho de Administração. Foram indicados novos membros do órgão, após a renúncia de outros conselheiros.

Em nota, o IRB Brasil comunicou que recebeu a renúncia dos seguintes membros do CDA: Vinicius José de Almeida Albernaz (indicado pelo Bradesco), Alexsandro Broedel Lopes (do Itaú Unibanco) e de seus respectivos suplentes Ivan Luiz Gontijo Junior e Osvaldo do Nascimento.

O presidente do Conselho e presidente-interino da IRB, Antônio Cassio dos Santos, agradeceu aos conselheiros demissionários pelo trabalho exercido na empresa.

“Agradeço a dedicação dos membros com quem trabalhei nestas últimas
semanas, que facilitaram em muito a minha chegada e participaram comigo
da reformulação do Conselho e da gestão da companhia”, escreveu o presidente no documento divulgado ao mercado.

Para substituir os conselheiros demissionários foram nomeados quatro novos membros:

  • Regina Nunes, sócia fundadora da RNA Capital e ex-S&P Global Ratings;
  • Ivan Passos, ex-MDS Corretora de Seguros, Herco Consultoria, Hannover e SulAmérica;
  • Henrique Luz, ex-sócio sênior e vice-presidente da PWC e presidente do Conselho de Administração do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC)
  • Marcos Falcão, sócio fundador da Gama Investimentos e ex-Icatu.

Todos os candidatos possuem experiência em Conselhos de Administração. Ivan Passos e Marcos Falcão, inclusive, já foram membros do CDA da IRB Brasil no passado.

Uma Assembleia Geral Extraordinária deverá ser convocada para aprovar a nomeação dos novos membros indicados para o Conselho de Administração da IRB Brasil.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião