Negócios

IRB Brasil: Conselho propõe eleição de ex-ministra do STF, Ellen Gracie

0

O Conselho de Administração (CDA) da IRB Brasil RE (IRBR3) indicou à Assembleia Geral da empresa, que será realizada no dia 12 de junho, a eleição da ex-ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Ellen Gracie Northfleet, para ser membro titular do CDA. Ela estará condicionada também à aprovação da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP). O comunicado ao mercado foi realizado na última quarta-feira (27).

Caso Gracie seja eleita, o Conselho de Administração da IRB Brasil ficará da seguinte forma:

  • Antônio Cássio dos Santos (Presidente)
  • Regina Helena Jorge Nunes – Titular (Independente)
  • Ivan Gonçalves Passos – Titular (Independente)
  • Henrique José Fernandes Luz – Titular (Independente)
  • Marcos Pessoa de Queiroz Falcão – Titular (Independente)
  • Marcos Bastos Rocha – Titular (Independente)
  • Roberto Dagnoni – Titular (Independente)
  • Ellen Gracie Northfleet – Titular (Independente)
  • José Octávio Vianello de Mello – Suplente (Independente)

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Sobre a candidata a ocupar uma cadeira no conselho da IRB Brasil

A candidata Ellen Gracie Northfleet é formada em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com pós-graduação em Antropologia Social pela mesma universidade. Gracie Foi bolsista da Fundação Fulbright do Governo dos EUA Hubert Humphrey Fellowship Program, que é vinculada de forma acadêmica à American University, Washington D.C. School of Public Affairs Department of Justice, Law & Society, onde cursou Complex Organizational Theories in Court Systems and Legal Organizations e Court Management Practices.

Gracie também ocupou os cargos importante como os de:

  • Procuradora da República (1973-1989)
  • Juíza do Tribunal Federal da 4ª Região (1989-2000)
  • Ministra do Supremo Tribunal Federal (2000-2011)
  • Ministra do Tribunal Superior Eleitoral
  • Presidente do Supremo Tribunal Federal (2006 – 2008)

Exerceu as funções de Presidente do Tribunal Federal da 4ª Região (1996-1998) e Presidente do Conselho Nacional de Justiça (2006-2008). Atualmente, Gracie é membro do conselho de administração de diversas entidades, como por exemplo: The World Justice Project; International Center for Arbitration for Sports ICAS; e International Council for Commercial Arbitration ICCA.

Ademais, ela já fez parte de comitês de Investigação Independente de grandes companhias, como: Petrobras, Eletrobrás e Vale. Faz parte do Conselho Técnico da Federação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo CNC, do Conselho Jurídico CONJUR da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo FIESP, sendo, também, membro do Comitê Brasileiro de Arbitragem CBAr.

Veja também: CVM abre dois inquéritos contra o IRB Brasil (IRBR3)

Gracie também é, atualmente, vice-presidente da Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem da CIESP/FIESP, além de atuar como advogada em prática privada e integrar a lista de árbitros da Câmarade Arbitragem do Mercado (CAM/ B3).

A IRB Brasil destacou em seu comunicado ao mercado que a “conselheira declarou, para todos os fins de direito que, nos últimos 5 anos, não esteve sujeita aos efeitos de qualquer condenação criminal, qualquer condenação ou aplicação de pena em processo administrativo perante a CVM e qualquer condenação transitada em julgado, na esfera judicial ou administrativa, que tivesse por efeito a suspensão ou a inabilitação para a prática de qualquer atividade profissional ou comercial”.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.