Negócios

Exclusivo: IPO pode tirar controle estatal da Saneago

0

O governo do Estado de Goiás pode abrir mão do controle total da Saneago (Saneamento Goiás) após o IPO (Oferta Pública de Ações, em inglês) da empresa, de acordo com fontes ouvidas pelo SUNO Notícias.

Apesar da promessa de representantes do poder público sobre manter o controle societário da Saneago, o SUNO Notícias apurou que, buscando um melhor valuation, o Estado pode sim abrir mão do controle total da companhia.

“Da forma que está, com contratos de curto prazo chegando ao fim, a precificação das ações ficaria bem aquém do esperado”, disse uma fonte em condição de anonimato e com conhecimento no assunto.

Confira Também: Período de reserva para IPO da C&A inicia nesta segunda-feira

“Além disso, ela já é uma S.A. [sociedade anônima] com 3% de capital privado. Caso venda outros 49% de ações, ficaria sem o controle do Estado”, completou.

Para que a mudança no controle acionário ocorra, contudo, é necessário que os atuais detentores da maior parte das ações reformem o Estatuto Social da empresa.

Essa necessidade ocorre pois o documento prevê que “o Estado de Goiás deterá sempre mínimo de 51% do capital social, com direito a voto”.

IPO e mudança de controle aumentariam valor da Saneago

A mudança de controle da Saneago, aos olhos do mercado, seria benéfica para a empresa, que deixaria o fantasma da interferência estatal para trás, segundo analistas.

“O que pode ocorrer é, caso a empresa se torne um player privado, deve buscar otimizar a rentabilidade, cortando despesas, e buscar eventuais reajustes defasados”, disse Felipe Tadewald, especialista da SUNO Research.

A alteração de comando também auxiliaria o governo do Estado a captar mais recursos perante o mercado. Atualmente, a expectativa é que a empresa seja avaliada em R$ 1,9 bilhão.

De acordo com fontes ouvidas pelo SUNO Notícias, os principais contratos da companhia com as cidades vencem no curto prazo. Essa dúvida em relação a renovação ou não também vem trazendo ceticismo em relação ao IPO.

O governo do Estado de Goiás enviou nesta semana à Assembleia estadual um projeto de lei que visa regulamentar a operação de abertura de capital da Saneago, que ainda necessitará passar pela assembleia geral da empresa, marcado para 18 de outubro.

Compartilhe a sua opinião

Vinicius Pereira
Vinicius Pereira foi repórter de economia da Folha de S.Paulo, stringer do jornal no Canadá e colaborador de VEJA. Já escreveu também para BBC Brasil, The Intercept Brasil e UOL.