Economia

Campos Neto diz que inflação do Brasil está ‘bastante baixa’

0

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, informou, nesta terça-feira (19), que a inflação do Brasil e do mundo todo está baixa.

“A inflação está bastante baixa e bastante estável tanto no curto, médio e longo prazo”, disse Campos Neto em audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.

Black Friday Suno – as melhores análises sobre investimentos com descontos incríveis! Cadastre-se para ser o primeiro a saber

Ademais, o presidente informou que o atual governo possui planos para estimular os investimentos privados no lugar do público.

“O Brasil está se reinventando com o dinheiro privado e o mercado tem finalmente a compreensão de que o governo tem um programa fiscal sério que vai atingir o equilíbrio das contas públicas”, informou Campos Neto.

IPCA caiu 0,04% em setembro

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador que mede a inflação oficial do Brasil, caiu -0,04% em setembro. Trata-se da mínima para o nono mês do ano desde 1998, quando o índice registrou -0,22%.

O resultado do IPCA foi divulgado nesta quarta-feira (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com essa variação negativa, o indicador registrou uma queda de 2,89% dos 3,43% nos doze meses anteriores. Além disso, no acumulado do ano, a inflação registrou um aumento de 2,49%.

O IPCA inclui nove grupos que influenciam diretamente no índice. Com a comparação entre agosto e setembro os resultados foram os seguintes:

  • Alimentação e bebidas: (variação de 0,11 para -0,43)
  • Habitação: (1,19 para 0,02)
  • Artigos de Residência: (0,56 para -0,76)
  • Vestuário: (0,23 para 0,27)
  • Transportes: (-0,39 para 0,00)
  • Saúde e Cuidados Pessoais: (-0,03 para 0,58)
  • Despesas Pessoais: (0,31 para 0,04)
  • Educação: (0,16 para 0,04)
  • Comunicação: (0,09 para -0,01)

Inflação por Região

A maior variação do IPCA por região ficou com o município de Goiânia, devido a alta no preço da gasolina. Por sua vez, São Luís registrou a menor variação com a queda da energia elétrica.

Confira Também: Brasil tem um problema grave de educação financeira, diz Campos Neto

Com a comparação de agosto e setembro os resultados foram os seguintes:

  • Goiânia: (de 0,11 para 0,41)
  • Salvador: (de 0,04 para 0,14)
  • Curitiba: (de 0,06 para 2,11)
  • São Paulo: (de 0,33 para -0,06)
  • Rio de Janeiro: (de -0,06 para -0,13)
  • Belo Horizonte: (de 0,13 para -0,18)

“A inflação é calculado pelo IBGE desde 1980, se refere às famílias com rendimento monetário de 01 a 40 salários mínimos”, informou o instituto de estatística.

Compartilhe a sua opinião

Poliana Santos
Poliana Santos escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na Rádio Gazeta AM, onde era responsável pela produção do programa Bom Dia Gazeta. É estudante da Faculdade Cásper Líbero.