Índice que reajusta os contratos de aluguel tem alta de 7,45% na taxa

Índice que reajusta os contratos de aluguel tem alta de 7,45% na taxa
IGP-M registra alta de 0,85% na segunda prévia de outubro

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), utilizado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou queda de 1,16% na primeira prévia de dezembro deste ano.

De acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o IGP-M já havia registrado uma deflação (queda de preços) de 0,11% nos contratos de aluguel, na prévia de novembro.

A queda da taxa entre novembro e dezembro, aconteceu por conta dos preços de atacado e varejo, na construção.

Saiba mais: Projeto aumenta multa para quem desiste de imóvel na planta

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (mede o atacado), registrou uma queda de 1,7% nos preços, na prévia de dezembro. Queda mais acentuada do que a registrada na prévia de novembro, onde a queda foi de 0,31%.

Além disso, o Índice de Preços ao Consumidor (analisa o varejo), registrou uma deflação de 0,16%, na primeira prévia de dezembro. De acordo com a FGV, em contrapartida, novembro obteve 0,3% de inflação.

O Índice Nacional de Custo de Construção continuou em alta na prévia de dezembro. O mês registrou uma inflação de 0,06%, sendo mais baixo que o crescimento de 0,29% de novembro.

Apesar disso, no acumulado de 12 meses o IGP-M somou uma inflação de 7,45% nos reajustes dos contratos de aluguel.

Renan Bandeira

Compartilhe sua opinião