Ibovespa abre em queda, de olho no envio da reforma administrativa

Ibovespa abre em queda, de olho no envio da reforma administrativa
Por volta das 10h38, nesta segunda-feira (28), o Ibovespa abriu com uma variação positiva de 1,2%, totalizando 98.163,40 pontos.

O Ibovespa abriu em queda nesta quinta-feira (3), de olho no envio da proposta da reforma administrativa pelo governo ao Congresso. O maior índice acionário da Bolsa de Valores de São Paulo (B3) também está de olho no cenário externo; os índice futuros de Nova York operam no vermelho após seguidos dias de ganhos.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Por volta das 10h15 desta quinta-feira (3), a cotação do Ibovespa caía 0,27%, para 101.636,83 pontos, voltando à marca psicológica de 100 mil pontos. O governo oficializou, nesta terça-feira, o envio do texto propõe uma série de mudanças nas regras do funcionalismo público.

Entre as mudanças está o fim da aposentadoria compulsória de servidores como modalidade de punição. Além dessa alteração, outras mudanças apresentadas pelo governo são a vedação de promoções ou progressões na carreira exclusivamente por tempo de serviço e a proibição de mais de 30 dias de férias por ano.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

O texto enviado pelo governo altera apenas as regras para os futuros servidores do poder Executivo. Não implicando, portanto, nos atuais servidores dos demais poderes. Profissionais do Judiciário e do Legislativo terão que elaborar textos próprios se quiserem alterar suas regras, como propôs o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

O mercado também está de olho na recuperação da economia brasileira em meio aos impactos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A produção industrial cresceu 8% em julho, em comparação com o mês anterior. Esse é o terceiro mês seguido de crescimento, embora a atividade industrial ainda esteja abaixo do nível reportado em fevereiro.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), essa foi a primeira vez na série histórica, iniciada em 2002, que 25 dos 26 setores estudados apresentaram crescimento no mês. O destaque ficou por conta do setor de veículos automotores, reboques e carrocerias, que avançou 43,9%. O setor acumula uma expansão de 761,3% nos últimos três meses, após o tombo histórico de abril. Todavia, ainda registra um nível 32,9% menor em relação a fereveiro.

No exterior, o mercado absorve as vendas no varejo na zona euro, que registraram uma queda de 1,3% em julho ante junho. Os dados foram publicados nesta quinta-feira (3) pela agência oficial de estatísticas da União Europeia (UE), Eurostat. Os especialistas ouvidos pelo jornal norte-americano “The Wall Street Journal” previam acréscimo de 1,2% nas vendas da região no período.

Movimentações do mercado

A Vale (VALE3) opera em queda de 3%, após o Ministério Público Federal (MPF) de Minas Gerais pedir à Justiça, nesta quinta-feira, a suspensão da distribuição de dividendos da empresa a seus acionistas. A companhia voltaria a remunerar seus investidores neste mês após dois anos sem a distribuição dos proventos.

O MPF, ainda, ajuizou uma ação civil pública solicitando a intervenção judicial na empresa, com o afastamento dos executivos responsáveis pela política de segurança da empresa. A autoridade quer que seja nomeado um interventor judicial para identificar, em até 15 dias, os diretores e gestores da diretoria da companhia que deverão ser afastados de seus cargos.

A Braskem (BRKM5) comunicou ao mercado, na última quarta-feira (2), que, em razão da forte recuperação da demanda por resinas no mercado brasileiro, a taxa de utilização de suas centrais petroquímicas no País voltou à normalidade. Ademais, nos números de agosto, a empresa registrou um recorde.

A companhia petroquímica informou que, em linha com a sua estratégia de priorização ao atendimento do mercado brasileiro, superou 350 mil toneladas de resinas comercializadas no mês de agosto, recorde mensal histórico de vendas no Brasil.

Destaques do pregão

Veja algumas das maiores altas e baixas das ações do Ibovespa agora, perto de 10h25.

Altas:

Baixas:

Bolsas no exterior

Confira o desempenho dos principais índices acionários no exterior, além do Ibovespa:

  • Nova York (S&P 500) futuro: -0,52%
  • Londres (FTSE 100): +0,40%
  • Frankfurt (DAX 30): +0,93%
  • Paris (CAC 40): +1,52%
  • Milão (FTSE/MIB): +0,53%
  • Xangai (SSE Composite): -0,58% (fechada)
  • Tóquio (Nikkei 225): +0,94% (fechada)

Última cotação do Ibovespa

Da mesma forma que o Ibovespa hoje, o índice acionário encerrou as negociações na última quarta-feira com uma queda de 0,25%, a 101.911,13 pontos.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião