Ibovespa se recupera e encerra o pregão em alta de 0,61%

Ibovespa se recupera e encerra o pregão em alta de 0,61%
Na manhã desta quarta, o Ibovespa abriu em leve alta de 0,02%, alcançando 102.190,07 pontos.

Ibovespa encerrou o pregão desta quinta-feira (20) em alta de 0,61%, a 101.467,87 pontos, o mercado continua atento ao andamento da pandemia do coronavírus (covid-19) no mundo.

O Ibovespa hoje variava negativamente 0,9% pela manhã, a 99.995,680 pontos. O maior índice acionário da Bolsa de Valores de São Paulo (B3) não operava abaixo de tal marca desde 13 de julho. Enquanto o mercado seguia as bolsas internacionais, que também operavam no vermelho; investidores mostram-se preocupados com a situação fiscal do país.

Além disso, investidores no Brasil mostram-se receosos com a situação da economia global, acentuada pelas perspectivas do Federal Reserve (Fed), Banco Central dos Estados Unidos, apresentadas na última quarta-feira (19). A autoridade monetária norte-americana afirmou que a economia ainda necessitará de um maior suporte, em razão dos impactos do novo coronavírus.

Conheça o Suno One, a central gratuita de informações da Suno para quem quer aprender a investir. Acesse clicando aqui.

No exterior, o mercado foi misto nesta quinta-feira. O S&P 500 subiu cerca de 0,32%, enquanto o Nasdaq Composite registrou uma queda de 1,06%. As ações tiveram um dia volátil em Wall Street, após iniciar o pregão em forte queda. O mercado se assustou com a divulgação do número de pedidos de seguro-desemprego nos EUA, porém se recuperou ao longo do dia.

Confira as principais notícias que movimentaram o mercado nessa quinta-feira:

  • IRB Brasil (IRBR3) indica novo vice-presidente de riscos;
  • Localiza (RENT3) anuncia rescisão com a marca Hertz;
  • Dimed (PNVL3), dona da Panvel, anuncia recompra de ações;
  • BNDES aprova crédito de R$ 360 milhões para grupo JSL (JSLG3);

IRB Brasil (IRBR3) indica novo vice-presidente de riscos

IRB Brasil Resseguros (IRBR3) comunicou ao mercado a indicação do novo vice-presidente executivo de riscos e conformidade, Carlos Guerra.

De acordo com o documento, o novo executivo do IRB Brasil acumula quase 30 anos de experiência nas áreas jurídica, comercial, de controles internos, financeira, administrativa e previdenciária.

Saiba mais: IRB Brasil (IRBR3) indica novo vice-presidente de riscos

“A vice-presidência liderada por Guerra será composta pela vice-presidência não estatutária de Relações Institucionais, pelas gerências de riscos corporativos, de compliance e de suporte aos órgãos de governança, bem como passará a ser responsável, inclusive, pela diretoria jurídica da companhia”, informou a IRB.

Notícias relacionadas à Localiza movimentaram o Ibovespa hoje

Localiza Rent a Car (RENT3) anunciou ao mercado e aos seus acionistas que a Localiza e sua controlada, Car Rental Systems S.A., assinaram, na última quarta-feira (19), com The Hertz Corporation e Hertz Systems, Inc., o instrumento de rescisão dos contratos de cooperação de marcas (Brand Cooperation Agreement) e de encaminhamento de clientes (Referral Agreements).

Saiba mais: Localiza (RENT3) anuncia rescisão com a marca Hertz

A rescisão prevê um plano de transição de pelo menos seis meses e a implementação da rescisão depende da aprovação da corte norte-americana responsável pelo processo de recuperação judicial da Hertz. A Localiza informou que todas as reservas serão preservadas, assim como o atendimento aos clientes.

Dimed (PNVL3), dona da Panvel, anuncia recompra de ações

Dimed (PNVL3), controladora da rede de farmácias Panvel, anunciou, na última quarta-feira (19), um programa de recompra de até dois milhões de ações ordinárias de sua emissão. A informação foi divulgada por meio de um fato relevante.

Segundo a companhia, a operação ainda contempla a possibilidade de recompra de 240 mil papéis preferenciais. A Dimed informou que o prazo para a recompra será iniciado no dia 28 de agosto, e será encerrado em 27 de agosto de 2021.

Saiba mais: Dimed (PNVL3), dona da Panvel, anuncia recompra de ações

A empresa disse que o objetivo da recompra é “maximizar a geração de valor para os acionistas, a partir de uma estrutura de capital adequada combinada com o crescimento dos resultados e proventos por ações”. Além disso, está na pauta a “viabilização da implementação de eventuais planos de incentivo de longo prazo a serem deliberados pelos acionistas no âmbito da companhia por meio dos quais executivos venham a receber ações de emissão da companhia”.

BNDES aprova crédito de R$ 360 milhões para grupo JSL (JSLG3)

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou nesta quinta-feira (20) R$ 360 milhões em linhas de créditos para o grupo JSL (JSLG3).

Ao todo, são três empresas pertencentes do grupo que fazem parte da operação. A própria JSL vai receber R$ 200 milhões, a controlada de locação de veículos Vamos receberá R$ 130 milhões e a CS Brasil os outros R$ 30 milhões

Saiba mais: BNDES aprova crédito de R$ 360 milhões para grupo JSL (JSLG3)

O anúncio sobre o empréstimo foi feito após a Vamos anunciar a compra de 1.350 caminhões, o maior pedido já feito por um único cliente.

Confira as bolsas globais

EUA: DJIA +1,06%
Reino Unido: FTSE 100 -1,61%
Japão: Nikkei -1,00%
França: CAC 40 -1,33%

Última cotação do Ibovespa

Na última sessão, quarta-feira (19), o Ibovespa encerrou em queda de 1,19%, a 100.853,72 pontos.

Daniel Guimarães

Compartilhe sua opinião