Ibovespa: Natura (NTCO3) e Suzano (SUZB3) lideram alta; B2W cai mais de 7%

Ibovespa: Natura (NTCO3) e Suzano (SUZB3) lideram alta; B2W cai mais de 7%
Outra empresa que apresenta destaque nesta sexta-feira mas não está listada no Ibovespa é a Linx (LINX3)

O principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (B3), Ibovespa, permanece em alta como foi registrado em sua abertura. A Natura e a Suzano lideram as altas na tarde desta sexta-feira (14). Por sua vez, com a divulgação do resultado o B2W registra queda de mais de 7% em seus papéis.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Por volta das 12h, o Ibovespa operava em alta de 0,91%, a  101.518,02 pontos. Na manhã de hoje, por volta das 10h05, o índice apresentava leve alta de 0,07%, alcançando 100.534,95 pontos, o mercado acionário acompanha os resultados das principais empresas do Brasil.

A Natura &Co (NTCO3) operava em alta de 10,39%, sendo negociada R$ 52,48. A empresa de cosméticos registrou prejuízo de R$ 392,1 milhões no segundo trimestre deste ano, revertendo lucro líquido de R$ 54,3 milhões no mesmo período no ano passado. Segundo a empresa de cosméticos esse resultado é em razão aos impactos da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Conheça o Suno One, a central gratuita de informações da Suno para quem quer aprender a investir. Acesse clicando aqui.

A Suzano (SUZB3)registrava avanço de 8,64%, sendo cotada a R$ 51,79. A gigante da celulose registrou um prejuízo de R$ 2,052 bilhões no período, revertendo um lucro líquido de R$ 699 milhões no segundo trimestre de 2019.

Outra empresa que apresenta destaque nesta sexta-feira mas não está listada no Ibovespa (que mede o andamento das ações mais líquidas) é a Linx (LINX3) que operava em alta de 11,1%, sendo negociada a R$ 35,36.

A Totvs (TOTS3) enviou, nesta sexta, uma proposta de combinação de negócios para a companhia de softwares. A oferta ocorre em meio ao anúncio do acordo de aquisição da Linx pela Stone (NASDAQ: STNE), por R$ 6,04 bilhões. A transação, no entanto, é questionada por investidores minoritários — a gestora Fama, que detém cerca de 3% do capital da Linx, é um deles.

Por sua vez, na liderança das maiores baixas de hoje se encontra a B2W (BTOW3) e sua subsidiária a Lojas Americanas. A controladora registrava queda de 7,23%, a R$ 113,18, enquanto que a Americanas operava a -4,87%, sendo cotada a R$ 33,58.

A B2w divulgou seu resultado trimestre e informou ao mercado que registrou um prejuízo líquido de R$ 74,6 milhões no segundo trimestre de 2020. O resultado é 41,5% melhor do que o apresentado no mesmo período de 2019, quando o prejuízo ficou em R$127,6 milhões.

Última cotação do Ibovespa

Na última sessão, quinta-feira, o Ibovespa encerrou o pregão em leve queda de 0,06%, cotado a 102.117,79 pontos.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião