Ibovespa amplia campo positivo e avança 1,2%; IRB (IRBR3) sobe 7%

Ibovespa amplia campo positivo e avança 1,2%; IRB (IRBR3) sobe 7%
Esta será a primeira semana cheia de balanços de resultados das empresas listadas na B3, temporada iniciada na última semana.

O Ibovespa, que abriu em leve queda nesta quinta-feira (24), ampliou o campo positivo e opera no azul. Por volta das 12h15, o maior índice da Bolsa de Valores de São Paulo (B3) avançava 1,27%, a 96.952,68 pontos. O mercado recupera parte das perdas do último pregão, seguindo o dia mais tranquilo no exterior.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

A cotação do Ibovespa é sustentada majoritariamente pelos bancos que operam em forte alta; o Itaú (ITUB4) avança 2,2%, o Bradesco (BBDC4) sobe 1,85% e o Banco do Brasil (BBAS3) tem alta de 1,59%. Entretanto, o destaque do dia fica por conta do IRB Brasil (IRBR3), que avança 7%, cotado a R$ 6,74.

Na última quarta-feira (23), a empresa divulgou seus resultados de julho de 2020, com o resultado financeiro ficando negativo em R$ 62,4 milhões. Entretanto, segundo a empresa, caso fosse desconsiderado o impacto dos negócios descontinuados, seria reportado um lucro líquido de R$ 36 milhões.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

Desde a última segunda-feira (21), os papéis da resseguradora já se valorizaram quase 25%. Todavia, as ações do IRB apresentam uma queda de 84% desde a máxima histórica, atingida no dia 31 de janeiro.

A CVC (CVCB3) tabém fica entre as maiores altas do pregão. Após abrir com um avanço de 4%, as ações da empresa operam com uma alta de 2,38%, em função das perspectivas apresentadas pela empresa nesta quinta-feira. De acordo com a direção da operadora de turismo, a CVC possui cerca de R$ 1,5 bilhão em caixa e se prepara para retomar suas operações ao passo que o turismo é volta a ser demandado.

Por outro lado, a CSN (CSNA3) é o destaque negativo do pregão. Nos últimos dias, a empresa apresentou uma forte valorização em função da autorização para a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de sua subsidiária Mineração. O pregão é de leve correção, assim como com a Localiza (RENT3).

Na madrugada da última quarta-feira, a maior locadora de veículos do Brasil anunciou a incorporação das ações da Unidas (LCAM3), formando uma empresa do setor que abrange quase 490 mil veículos, líder do setor de Rent a Car (RAC) e Gestão de Terceirização de Frotas (GTF) no País. Após subir 13% no último pregão, os papéis da Localiza caem 1,8% nesta quinta-feira.

Ações mais negociadas do dia

Por volta das 12h15, a Bolsa de Valores de São Paulo (B3) registrava um volume financeiro total de R$ 8,52 bilhões. Confira quais são as empresas mais negociadas do Ibovespa agora:

Última cotação do Ibovespa

De forma distinta ao Ibovespa hoje, o índice acionário encerrou as negociações na última quarta-feira com uma queda de 1,6%, a 95.734,82 pontos.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião