Ibovespa sobe 0,55% com volume reduzido em dia de feriado nos EUA

Ibovespa sobe 0,55% com volume reduzido em dia de feriado nos EUA
Ibovespa

O Ibovespa fechou o pregão desta quarta-feira (3) em alta de 0,55%, a 96.764,85 pontos, com baixo volume sem a referência das bolsa de Nova York devido ao feriado nos Estados Unidos.

O principal índice da bolsa de valores de São Paulo (B3) subiu mesmo depois de passar grande parte do dia sem direção definida. Com os norte-americanos se preparando para o feriado da independência, o Ibovespa refletia mais cedo a cautela com o aumento dos casos de covid-19 nos país que deixaram as bolsas europeia no vermelho.

Por outro lado, os investidores ainda mostram um grau de ânimo em vista da retomada econômica e a expectativa do desenvolvimento de uma vacina para o novo coronavírus.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

De mais a mais, veja as principais notícias que movimentaram a bolsa de valores brasileira:

  • XP e JHSF anunciam novo empreendimento “Villa XP”
  • PDV da Petrobras reduz 22% dos trabalhadores
  • Azul fecha acordo com Portugal para venda de fatia da TAP

XP e JHSF anunciam novo empreendimento “Villa XP”

A JHSF Participações (JHFS3) informou na última quinta-feira (2) que fechou um acordo com a XP Inc. para a implementação da Villa XP, um novo empreendimento imobiliário.

Saiba mais: XP e JHSF anunciam lançamento de novo empreendimento “Villa XP”

O valor da transação ainda não foi divulgado e, conforme  comunicado, dependerá da definição da área que será vendida pela JHSF em um terreno próximo a Catarina Fashion Outlet, localizado na Rodovia Castelo Branco km 60, São Roque, a 35 minutos da capital paulista.

PDV da Petrobras reduz 22% dos trabalhadores

A Petrobras (PETR4) informou que os seus Programas de Desligamentos Voluntários (PDVs) e Programa de Aposentadoria Incentivada (PAI)resultaram em uma redução do quadro de empregados de 22%.

A companhia também comunicou um retorno adicional de cerca de R$ 18 bilhões até 2025, com um custo evitado de pessoal de R$ 22 bilhões menos o desembolso com as indenizações de R$ 4 bilhões

Saiba mais: Petrobras (PETR3): PDV reduz 22% dos empregados e economiza R$ 18 bi

“Os programas de desligamento voluntário foram elaborados com a preocupação principal de respeitar o direito de livre escolha de nossos colaboradores. O resultado do
PDV 2019 foi extremamente positivo com 94% de adesão, dos 10.053 empregados elegíveis, tivemos 9.405 inscritos. Consolidando os demais programas atingimos 10.082 inscrições, o que representa 22%
do atual quadro de empregados”, afirmou o diretor da estatal, Roberto Castello Branco.

Azul fecha acordo com Portugal para venda de fatia da TAP

A Azul (AZUL4) chegou a um acordo com o governo português para permitir uma injeção de capital na TAP SGP (TAP). Com isso, a aérea venderá sua participação indireta de 6% na empresa, pelo valor de cerca de R$ 65 milhões.

Saiba mais: Azul (AZUL4) fecha acordo com governo português para venda de participação na TAP

O negócio é parte de um processo de re-nacionalização da TAP pelo governo de Portugal. O diretor executivo da Azul, John Rodgerson, afirmou em comunicado que “como muitas outras companhias aéreas em todo o mundo, a TAP foi severamente impactada pela crise da pandemia de Covid-19. Com a ajuda fornecida pelo governo português, seremos capazes de garantir a continuação da TAP, e também manter a integridade de nosso investimento”.

Bolsas no exterior

  • Londres (FTSE 100): -1,33% – 6.157,30
  • Frankfurt (DAX 30): -0,64% – 12.528,18
  • Paris (CAC 40): -0,84% – 5.007,14
  • Xangai (SSEC): +2,01% – 3.152,81
  • Hong Kong (Hang Seng): +0,52% – 24.427,19
  • Tóquio (Nikkei 225): +0,72% – 22.306,48
  • Nova York (S&P 500): +0,45% – 3.130,01

Última cotação do Ibovespa

Na última sessão, quinta-feira, o Ibovespa encerrou o pregão estável a +0,03%, a 96.234,96 pontos.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião