Mercado

Ibovespa cai 0,5% com novo capítulo da guerra comercial

0

O Ibovespa encerrou o pregão desta segunda-feira (2) em queda de -0,5%. O índice acionário fechou a 100.625,74 pontos.

A queda do Ibovespa foi uma reação dos investidores a mais um capítulo da guerra comercial entre Estados Unidos e China. Em contrapartida, no início do dia o principal indicador da B3 operava em alta de 0,15%, na casa dos 101 mil pontos.

No cenário interno, a nova carteira do Ibovespa, a oferta pública primária de ações da Trisal e a parceria entre Itaú e Ticket também movimentaram o mercado.

Guerra comercial entre Estados Unidos e China

Nesta segunda-feira, a China anunciou que entrará um processo na Organização Mundial do Comércio (OMC) contra as tarifas impostas pelos Estados Unidos, na guerra comercial.

Saiba mais: Guerra comercial: China aciona OMC contra tarifas dos Estados Unidos

As novas tarifas, de US$ 300 bilhões sobre produtos chineses, impostas pelo governo norte-americano entraram em vigor no último domingo (1).

“Em acordo com as regras relevantes da OMC, a China vai salvaguardar firmemente os seus direitos e interesses legítimos e defender resolutamente o sistema de comércio multilateral e a ordem internacional do comércio”, diz o comunicado divulgado pelo país asiático.

Nova carteira do Ibovespa

A B3 (Brasil, Bolsa, Balcão) divulgou a nova carteira do Ibovespa, que começa a valer nesta segunda-feira (2) e vigora até o dia 3 de janeiro de 2020.

Saiba mais: B3 divulga nova carteira do Ibovespa com entrada do BTG Pactual

A nova carteira conta com a entrada do BTG Pactual (BPAC11) e da Intermédica (GNDI3). Dessa forma, são, ao todo, 68 ativos de 65 companhias.

A B3 tem como padrão fazer três prévias das novas composições dos índices: a primeira prévia, que acontece no primeiro pregão do último mês de vigência da carteira que se encontra em vigor; a segunda prévia, no pregão seguinte ao dia 15 do último mês de vigência da carteira em vigor e a terceira prévia, no penúltimo pregão de vigência da carteira em atividade.

Oferta de ações da Trisal

A Trisul informou ao mercado e seus acionistas que sua oferta pública de distribuição primária de ações ordinárias foi aprovada. De acordo com a construtora, 30 milhões de ações serão distribuídas inicialmente.

Saiba mais: Trisul anuncia oferta pública de distribuição de ações

Além disso, a construtura ressaltou que o investimento nas ações é um risco, já que “é um investimento em renda variável restrita, pela regulamentação aplicável, a um número limitado de investidores profissionais e, assim, os investidores profissionais que pretendam investir nas ações estão sujeitos a perdas patrimoniais e riscos.

As ações da Trisul (TRIS3) caíram 1,33% nesta segunda-feira. Assim, fecharam o pregão a R$ 11,10 por papel.

Itaú e Ticket

O Itaú Unibanco e a Edenred tiveram a parceria aprovada pelo Conselho de Administração de Defesa Econômica (Cade) e o Banco Central. A parceria entre as empresas busca a distribuição de produtos de benefícios aos trabalhadores. A Edenred é a empresa que controla a Ticket Serviços.

Saiba mais: Itaú e Ticket ratificam parceria depois de aval do Cade e BC

De acordo com o Itaú, o acordo entre as duas empresas pode oferecer aos clientes vantagens como:

  • Ticket Restaurante;
  • Ticket Alimentação;
  • Ticket Cultura;
  • Ticket Transporte.

Com o anúncio da parceria, as ações do Itaú (ITUB4) encerraram o pregão em queda de 1,25%, cotadas em R$ 33,50.

Última cotação do Ibovespa

Na última sessão, sexta-feira (30), o Ibovespa em alta de 0,61% a 101.134,609 pontos.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Almeida
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.