Ibovespa opera em alta nesta quarta; PIB e estímulos de BCs à economia estão no radar

Ibovespa opera em alta nesta quarta; PIB e estímulos de BCs à economia estão no radar
Por volta das 10h40, nesta segunda-feira (10), o Ibovespa operava em alta de 0,36%, a 103.144,01 pontos.

O Ibovespa abriu em alta nesta quarta-feira (4). O mercado interno e também os internacionais estão atentos as novas medidas econômicas tomadas por BCs na última terça e também ao PIB brasileiro.

Por volta das 10h40, o Ibovespa operava em alta de 1,42%, a 107.033,75. Os investidores também permanecem atentos a temporada de resultados das empresas. A Ferbasa e a Tupy divulgaram seus balanços na noite da última terça-feira (3).

PIB

O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 1,1% em 2019. Esse foi o terceiro ano consecutivo de crescimento da economia, após a recessão de 2015 e 2016. No quarto trimestre, a economia avançou 0,5% em comparação com o trimestre anterior. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (4).

No entanto, o crescimento do PIB de 2019 é o menor dos últimos três anos. Em 2017 e 2018, a expansão da economia foi de 1,3%. No início do ano, o mercado estimava um crescimento próximo de 2%.

“São três anos de resultados positivos, mas o PIB ainda não anulou a queda de 2015 e 2016 e está no mesmo patamar do terceiro trimestre de 2013”, afirmou Rebeca Palis, coordenadora das Contas Nacionais do IBGE.

BCs estimulam economia

O Federal Reserve (Fed), o Banco Central (BC) dos Estados Unidos, anunciou um corte de 0,5% na taxa de juros do país, na última terça-feira (3). Atualmente, a taxa de juros norte-americana está entre 1% e 1,25%. O anúncio foi realizado antes do próximo encontro marcado, que aconteceria entre os dias 17 e 18 deste mês.

“O coronavírus (Covid-19) apresenta riscos crescentes para a atividade econômica”, informou o Fed em comunicado. “À luz desses riscos e de forma a dar suporte ao emprego e às metas de inflação, o Comitê decidiu hoje reduzir os juros em 0,5 ponto”, salientou a nota.

Também na terça-feira, o BC da Austrália cortou em 0,25% a sua taxa de juros, ficando em 0,5%.

Noticiário corporativo

Ferbasa

Ferbasa (FESA4) apresentou, na última terça-feira (3), seu balanço referente ao ano passado. A empresa teve um lucro líquido de R$ 221,5 milhões em 2019. O resultado representa uma redução de 28,4% em relação a 2018. 

Tupy

A Tupy (TUPY3) registrou lucro líquido de R$ 72.561 milhões no quarto trimestre de 2019. O balanço de resultados da companhia foi divulgado na última terça-feira (3). O valor obtido pela Tupy indica queda de 6,9% em comparação com mesmo período do ano anterior. Entre os meses de outubro e dezembro de 2019, a companhia registrou R$ 77,914 milhões de lucro líquido.

Última cotação do Ibovespa

Na última sessão, na terça-feira (3), o Ibovespa encerrou o pregão em queda de 1,02 a 105.537,14

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião