Ibovespa em alta com megaleilão, acordo comercial e Previdência

Ibovespa em alta com megaleilão, acordo comercial e Previdência
Ibovespa abre em alta; vírus chinês e Trump no radar

O Ibovespa opera em alta nesta quarta-feira (6) com o cenário externo e interno positivo.

Por volta das 10h40, o Ibovespa registrava variação positiva de 0,55% alcançando 109.315,32 pontos. O mercado nacional está atento ao megaleilão do pré-sal, o governo pretende arrecadar R$ 106,5 bilhões na oferta.

Além disso, os Estados Unidos estudam a possibilidade de anular algumas tarifas impostas sobre a China. Ademais, os investidores estão atentos a votação da PEC paralela da reforma da Previdência e o pacote de medidas do ministro da Economia.

Megaleilão do pré-sal

O megaleilão do excedente da cessão onerosa do pré-sal está sendo realizado nesta quarta. O governo federal pretende arrecadar R$ 106,5 bilhões na oferta, trata-se da possível maior venda de petróleo do mundo.

Saiba Mais: Governo realiza nesta quarta-feira megaleilão do pré-sal

A cessão onerosa do pré-sal é a área excedente de exploração encontrada na Bacia de Santos (Búzios, Sépia, Atapu e Itapu), em São Paulo. Os produtores globais tem interesse nos campos do megaleilão pelo tamanho e a garantia de que irão dar bons resultados para as empresas.

Acordo comercial

Com objetivo de selar o acordo comercial com a China, os Estados Unidos  estudam revogar algumas tarifas alfandegárias sobre os produtos chineses.

Saiba Mais: EUA estudam anular algumas tarifas alfandegárias contra China

A China tem pressionado o presidente dos EUA, Donald Trump, a retirar tarifas que foram impostas em setembro, como parte da “fase 1” do acordo.

Pacote de medidas

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que com as mudanças no pacto federativo, poderão ser transferidos a estados e municípios de R$ 400 bilhões a R$ 500 bilhões nos próximos 15 anos.

O líder da pasta econômica acompanhou o presidente Jair Bolsonaro no Congresso Nacional para a entrega de um pacote com três propostas de emenda à Constituição (PEC). As reformas atingem os governos locais.

Reforma da Previdência

A PEC paralela da reforma da Previdência deve ser votada no Congresso nesta quarta.Os senadores, com o objetivo de não alterar o texto principal para não obstruir a tramitação da reforma da Previdência na Casa, incluíram os estados e municípios nas regras previdenciárias.

Saiba Mais: PEC paralela da reforma da Previdência deve ser votada nesta quarta-feira

Para que o documento seja ratificado será necessário que o Senado aprove na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e depois siga para uma análise na Câmara dos Deputados.

Última cotação do Ibovespa

Na última sessão, terça-feira (4), o Ibovespa encerrou em leve queda de 0,06% a 108.719,02 pontos.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião