Guerra Comercial: Proibição do app WeChat é bloqueada por juiz federal

Guerra Comercial: Proibição do app WeChat é bloqueada por juiz federal
Guerra Comercial: Proibição do app WeChat é bloqueada por juiz federal

A ordem executiva do presidente norte-americano Donald Trump de restringir o uso do aplicativo chinês WeChat nos Estados Unidos foi bloqueada temporariamente pela juíza Laurel Beeler, neste domingo (20).

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Em meio a guerra comercial entre China e Estados Unidos, a juíza federal da Califórnia entrou com uma ordem para bloquear a proibição federal de downloads do aplicativo de mensagens e e-commerce, WeChat, nos EUA de entrar em vigor, conforme programado para as 23:59 de domingo pelo presidente Trump.

A decisão favoreceu o proprietário do WeChat, a gigante chinesa de tecnologia Tencent Holdings Ltd., e a WeChat Users Alliance, a organização sem fins lucrativos que entrou com o requerimento contra o governo Trump em agosto deste ano.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Trump deseja banir TikTok e WeChat de lojas de apps dos EUA neste domingo

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, implementou ordens executivas que exigem que o TikTok e o WeChat, aplicativo de mensagens chinês, sejam retirados das lojas de apps dos Estados Unidos a partir do próximo domingo (20). As informações foram divulgadas pelo jornal “Financial Times” que ouviu fontes a par do assunto.

De acordo com as fontes, o WeChat, já instalado, se tornará inutilizável, porque as atualizações de softwares deixariam de ser oferecidas pela Apple e Google. Por sua vez, a experiência de usuário do TikTok  será desagradável ao longo dos próximos meses.

A remoção dos aplicativos representa a primeira execução de duas ordens executivas promulgadas por Trump, segundo a qual as empresas norte-americanas estariam proibidas de permanecer com os apps em suas plataformas a partir de 20 de setembro. Outra ordem promulgada foi o prazo de até 12 de novembro para a controladora do TikTok, ByteDance, zerar sua participação nos EUA.

Saiba Mais: Trump deseja banir TikTok e WeChat de lojas de apps dos EUA neste domingo

Segundo o jornal, o departamento de comércio do país, que executará as ordens, não conseguiu forçar a Apple e o Google a removerem as versões chinesas de suas lojas de aplicativos.

“Tomamos medidas significativas para combater a coleta maliciosa de dados pessoais de cidadãos americanos pela China, ao mesmo tempo que promovemos nossos valores nacionais, normas baseadas em regras democráticas e aplicação agressiva das leis e regulamentos dos EUA”, disse o secretário de comércio dos EUA, Wilbur Ross, ao explicar o motivo da medida contra os aplicativos TikTok e WeChat.

Rafaela La Regina

Compartilhe sua opinião