Eletrobras (ELET6): Guedes diz que privatização está acertada no Senado

Eletrobras (ELET6): Guedes diz que privatização está acertada no Senado
A privatização da Eletrobras está paralisada na Câmara desde 2019

O ministro da Economia Paulo Guedes afirmou a interlocutores que a privatização da Eletrobras (ELET6) já está acertada no âmbito do Senado Federal. As informações foram publicadas na coluna do Lauro Jardim, no jornal “O Globo”.

De acordo com o economia, no entanto, ainda falta um acordo com a Câmara dos Deputados. Guedes afirmou que falta compromisso da casa com desestatização da Eletrobras.

As privatização são uma das principais bandeiras da administração do presidente Jair Bolsonaro e do ministro Paulo Guedes. Apesar disso, o governo federal encaminhou apenas um projeto para a venda de uma empresa estatal ao Congresso até o momento: o projeto de lei que viabilizaria a venda da Eletrobras.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O texto, entretanto, está paralisado na Câmara desde de novembro de 2019, quando foi enviada pelo ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Em agosto, insatisfeito com o ritmo das privatizações, Salim Mattar, que ocupava a posição de secretário especial de Desestatização e Privatização, abandonou o barco afirmando que não teve êxito no planejamento durante os 18 meses em que esteve no governo.

Em julho, o chefe da pasta de Economia afirmou em entrevista à rede de televisão “CNN” que o governo brasileiro faria quatro grandes privatizações no prazo de 90 dias. O ministro não deu maiores detalhes sobre as empresas e sobre os planos de desestatização, mas fica claro que o tempo está se esgotando.

O ministro Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, declarou na última quinta-feira (22) que os projetos de desestatização da Eletrobras e dos Correios “são coisas que vão passar pelo Congresso”.

Última cotação da Eletrobras

No pregão da sexta-feira (23), as ações da Eletrobras, listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (3) sob o código “ELET6”, encerraram cotadas a R$ 33,34.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião