Gucci: Dono da marca doa R$ 1,6 mi para ajudar no combate ao coronavírus no Brasil

Gucci: Dono da marca doa R$ 1,6 mi para ajudar no combate ao coronavírus no Brasil
Gucci (divulgação)

O grupo francês Kering, dono da marca Gucci e de outras marcas de luxo, está auxiliando no combate ao coronavírus (Covid-19) no Brasil. A empresa anunciou a doação de US$ 300 milhões (cerca de R$ 1,6 milhão) ao País. As informações são da “Exame” e foram publicadas neste sábado (11).

O montante será utilizado para impor medidas de segurança em até oito instituições, onde os profissionais de saúde estão mais expostos ao coronavírus. Além disso, o valor também será usado para ajudar pacientes que estão na luta contra o vírus, “incluindo barreiras, equipamento de ventilação, e software de monitoramento”, afirmou o grupo Kering.

O grupo dono da Gucci já tem fama por apoiar outras causas sociais pelo mundo. A luta contra a pandemia de coronavírus é mais uma que o conglomerado decidiu enfrentar.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Na semana passada, o grupo já havia destinado US$ 1 milhão à CDC Foundation, como forma de apoio aos profissionais do meio de saúde nos Estados Unidos.

O grupo Kering também está auxiliando, além do Brasil e dos EUA, a França, Itália e a China. Ademais, o conglomerado francês já fez mais de um milhão de máscaras cirúrgicas e roupas especiais para profissionais da saúde.

Além da marca Gucci, outras, também sob o guarda-chuva da Kering, estão envolvidas nas doações, como é o caso de:

  • Bottega Veneta
  • Saint Laurent
  • Balenciaga
  • Alexander McQueen
  • Brioni, Boucheron
  • Pomellato
  • DoDo
  • Qeelin
  • Ulysse Nardin
  • Girard-Perregaux
  • Kering Eyewear

Entre as marcas do grupo Kering, a Gucci, marca luxuosa italiana, é a mais conhecida no Brasil. A grife possui nove lojas no País e se prepara para lançar a décima, em São Paulo, que contará com uma área de 500 metros quadrados. O italiano Alessandro Michele é o estilista da marca. Vale ressaltar que outras grifes conhecidas no mundo todo, e com muita força no Brasil, como Louis Vuitton e Dior, não fizeram doações para o combate da pandemia no País até o momento.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião