NegóciosPolítica

Governo se prepara para privatizar os Correios

0

O governo estaria preparando a privatização dos Correios. O presidente da República, Jair Bolsonaro, teria já autorizado a operação. A informação foi divulgada na última quinta-feira (18) pelo portal G1.

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) estaria sendo preparada para a privatização. Segundo o governo, o modelo de negócios dos Correios estaria ultrapassado. Entretanto, a empresa continua tendo um alto valor estratégico, necessitando apenas ser renovada para enfrentar os novos desafios. Em particular o crescimento das vendas on-line.

Saiba mais: Correios planejam concorrer com Uber, iFood e Rappi com projeto secreto 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou em uma entrevista ao canal Globo News, que os Correios já estavam na lista das empresas a ser privatizadas. Durante a campanha eleitoral o então candidato Bolsonaro chegou a ventilar a hipótese de vender os Correios. Entretanto, logo depois de assumir a Presidência o mandatário voltou atrás, mas agora parece que se convenceu da necessidade dessa venda.

Receba nosso relatório sobre o IPO do UBER gratuitamente!

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação tinha apresentado resistências sobre a possibilidade de vender os Correios. Entretanto, o ministro Marcos Pontes estaria mais favorável a ideia.

Saiba mais: Correios chegam a acordo com Cade para encerrar investigação 

Modelo de negócios superado

Segundo o Planalto, para que os Correios possam sobreviver eles tem que se tornar mais competitivos e ter menos amarras.

A empresa se tornou recentemente centro de uma série de escândalos de corrupção, entre os quais o Mensalão. Seu fundo de pensão, o Postalis, também foi alvo de investigações por denúncia de desvio de recursos dos empregados. Por isso, há cinco anos, os aposentados dos Correios acabaram tendo um desconto de até 25% em seus benefícios para tentar cobrir as perdas do fundo de pensão.

Saiba mais: Azul cancela parceria com Correios no transporte de cargas 

Guedes e as privatizações

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou na última quarta-feira (17) que a lista de privatizações de estatais feita pelo governo inclui empresas que ninguém espera serem vendidas. “Tem empresas que vão ser privatizadas que vocês nem suspeitam ainda”, disse o ministro em entrevista à “Globo News”.

Saiba mais: Paulo Guedes: Empresas que vocês nem suspeitam serão privatizadas 

Guedes ainda insinuou que o presidente Bolsonaro fez questionamentos sobre uma eventual privatização da Petrobras. O ministro foi questionado pelo jornalista se a crise sobre o preço do diesel não coloca a privatização da estatal como uma possibilidade. Diante disso, Guedes afirmou: “Olha, você acabou de dizer um negócio que o presidente levantou a sobrancelha”.

Entre as empresas que poderiam estar nesse programa de privatizações, estão os Correios.

“Quer saber mais sobre o IPO do Uber? Baixe aqui o relatório completo GRATUITO”

Compartilhe a sua opinião

Carlo Cauti
Editor-chefe da SUNO Notícias. Formado em Ciências Políticas pela universidade LUISS G. Carli de Roma e mestre cum laude em Relações Internacionais, Jornalismo Internacional e de Guerra e em Economia Internacional. No Brasil, teve passagem por veículos de comunicação como O Estado de S.Paulo, G1, Veja e EXAME. Também trabalhou nas agências de notícias italianas ANSA e NOVA.