Gol (GOLL4) anuncia voos para 5 novos destinos a partir de Congonhas

Gol (GOLL4) anuncia voos para 5 novos destinos a partir de Congonhas
A Gol (GOLL4) informou que, a partir desse mês, oferecerá voos para 5 novos destinos a partir de Congonhas.

A Gol Linhas Aéreas Inteligentes (GOLL4) informou nessa quinta-feira (1) que, a partir desse mês, oferecerá voos para 5 novos destinos a partir do aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Os cinco novos destinos anunciados pela Gol são:

  • Florianópolis (SC)
  • Fortaleza (CE)
  • Goiânia (GO)
  • Navegantes (SC)
  • Galeão (RJ)

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Além disso, a companhia aérea brasileira continua operando, a partir da capital paulista, outros destinos, como:

  • Brasília (DF)
  • Salvador (BA)
  • Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro

Vale lembrar que em setembro desse ano, a companhia já havia retomado os voos com destino a Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS) e Recife (PE).

Gol: demanda por voos domésticos cresceu 19,8% em agosto

A aérea apresentou, no início de setembro seus resultados prévios de tráfego do mês de agosto. Segundo a empresa, a demanda (RPK) por voos domésticos cresceu 19,8% em comparação ao mês anterior, enquanto a oferta (ASK) avançou 17,8% na mesma base comparativa.

A companhia também informou que a taxa de ocupação nos voos foi de 79,4%. Além disso, foram operados 190 voos por dia — foram 5.800 decolagens no mês, contra 22.168 em agosto de 2019 –, sendo que nenhum deles foi internacional. A Gol adicionou 51 operações diárias nos principais hubs brasileiros nos aeroportos de Guarulhos, em São Paulo, e Galeão, no Rio de Janeiro.

Na comparação anualizada, no entanto, a demanda por voos domésticos caiu 67,3%, enquanto a oferta registrou um recuo de 65,6%. A taxa de ocupação, por sua vez, caiu 3,9 pontos percentuais. Nos números totais, a demanda recuou 71,8% e a oferta caiu 70,7%, uma vez que a companhia não operou trajetos internacionais no mês.

A Gol salientou que “permanece disciplinada em sua lideração para o equilíbrio entre oferta e demanda“, ao passo que as medidas de isolamento social em função da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) são flexibilizadas no Brasil e no mundo.

Com informações do Estadão Conteúdo.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião