Negócios

Gol obtém alta de 3,1% na demanda por voos domésticos em dezembro

0

A Gol Linhas Aéreas (GOLL4) registrou alta de 3,1% na demanda por voos domésticos em dezembro de 2019 ante o mesmo período do ano anterior. A informação foi divulgada pela aérea, nesta terça-feira (7), por meio de um comunicado ao mercado.

O crescimento da demanda no último mês de 2019 foi inferior a oferta. Em dezembro, os voos ofertados pela Gol aumentaram 5,2% em comparação ao mesmo mês de 2018.

Nos voos internacionais, a demanda caiu 12% no mês passado em relação a dezembro de 2018. Além disso, a oferta da aérea diminuiu 9,3% no mesmo período. Já a demanda total da aérea aumentou 1,1% no mês passado, enquanto a oferta total subiu 3,1%.

A empresa salientou ainda que a taxa de ocupação total das aeronaves caiu 1,6 ponto percentual no mês passado ante dezembro de 2018 e foi de 82%. Nos voos domésticos, a taxa de ocupação caiu 1,7 ponto percentual no período, para 83%. No segmento internacional, a queda foi de 2,3 ponto percentual, para 74,6%.

Nova unidade de negócios da Gol

A Gol anunciou, no final de novembro, uma nova unidade de negócios destinada para a manutenção, reparos, revisões de aeronaves e componentes. A Aerotech, como é denominada a nova unidade, começará a operar neste ano.

Saiba mais: Gol prevê faturamento de R$ 140 milhões em nova unidade de negócios

Durante o primeiro ano de operação do negócio, a área brasileira pretende faturar R$ 140 milhões. A unidade fará com que o Centro de Manutenção de Aeronaves (CMA) da Gol, no aeroporto de Confins, em Minas Gerais, ofereça seus serviços para outras empresas.

“Antes de oferecer e negociar os serviços para outras empresas, nos preparamos com as diversas manutenções realizadas nas próprias aeronaves da Gol, amadurecemos e aprimoramos vários processos e todos os quesitos necessários para que a Gol Aerotech atenda com excelência os seus clientes”, disse o vice-presidente de operações da área, Celso Ferrer.

Última cotação

No pregão desta terça-feira, as ações da Gol, sob o ticker GOLL4, encerraram em alta de 0,58%. Os papéis são negociados a R$ 34,45.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Oliveira
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.