Fórum Econômico Mundial de Davos acontecerá normalmente em 2021

Fórum Econômico Mundial de Davos acontecerá normalmente em 2021
Fórum Econômico Mundial de Davos acontecerá normalmente em 2021

O Fórum Econômico Mundial (WEF, no acrônimo em inglês) anunciou nesta quarta-feira (3) que realizará seu tradicional evento anual em Davos, na Suíça, em janeiro de 2021. A reunião de chefes de Estado e de governo, líderes empresariais, diplomatas e personalidades de todo o mundo acontecerá normalmente apesar da pandemia de coronavírus (covid-19), seja presencial que virtual.

Durante a 51ª reunião do WEF, cujo tema será “O Grande Reinício” (“Great Reset”, em inglês), vai ser inaugurada uma “configuração sem precedentes que incluirá diálogos em pessoa e videoconferência”. A informação foi divulgada em comunicado pelos organizadores do Fórum Econômico Mundial.

Em 2021, o WEF criará uma rede mundial de participantes em 400 cidades no mundo inteiro para o chamado “diálogo sobre o futuro”, animado pela nova geração.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

O fundador do WEF, Klaus Schwab, anunciou a mudança durante uma reunião virtual conjunta com o príncipe Charles do Reino Unido, do secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, e da diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva.

Para Schwab, “sabemos que a mudança climática pode ser a próxima catástrofe global que trará consequências ainda mais dramáticas para a humanidade”.

Por isso, segundo o fundador do Fórum, é necessário “um novo contrato social que honre a dignidade de cada ser humano”. Schwab salientou como a crise sanitária mundial revelou que “nosso sistema anterior em termos de coesão social, ausência de oportunidades iguais e inclusão não é sustentável”.

Para o economista suíço, a pandemia gerou rupturas de longo prazo nas economias e nas sociedades, provocando uma crise social que necessita urgentemente ser superada através da criação de empregos com salários decentes.

Saiba mais: Davos: conheça as dez principais ideias apresentadas no Fórum 2020

Segundo Gueterres, a pandemia de covid-19 é mais uma confirmação que “devemos considerar essa tragédia humana como um sinal de alerta”. O chefe da ONU salientou a necessidade de construir “economias e sociedades mais igualitárias, inclusivas e duráveis, mais resistentes a pandemias, mudanças climáticas e muitos outros desafios que estamos enfrentando globalmente”.

Fórum Econômico Mundial alerta sobre medidas de relaxamento

Em nota, o Fórum Econômico Mundial salientou como as medidas de confinamento decretadas contra o coronavírus começam a ser relaxadas em vários países. Entretanto, a ansiedade sobre as perspectivas mundiais nas áreas econômica e social não deixam de crescer.

Carlo Cauti

Compartilhe sua opinião