Negócios

Forever 21 planeja entrar com pedido de recuperação judicial até domingo

0

A loja de roupas Forever 21 planeja entrar com seu pedido de recuperação judicial até o próximo domingo (15). A empresa vem enfrentando uma queda de recursos nos últimos meses, segundo o “Dow Jones Newswires”.

A petição deve ser apresentada no Estado de Delaware e deve propor o fechamento de algumas de suas 700 unidades. Nenhum representante da Forever 21 quis comentar o assunto.

De acordo com o jornal, há meses a varejista tentava um novo empréstimo, justamente para evitar uma possível recuperação judicial.

Por meio do pedido, a empresa pretende abandonar lojas não rentáveis e recapitalizar os negócios, segundo fontes da agência de notícias “Bloomberg”.

Um dos co-fundadores da rede de lojas, Won Chang, ainda quer manter o controle acionário da empresa. Contudo, essa decisão limita as opções de captação de recursos da empresa.

Forever 21

A Forever 21 foi inaugurada em 1984, em Los Angeles, pelo empresário coreano Do Won Chang. No primeiro ano de faturamento, a companhia já havia lucrado US$ 700 mil.

Após a expansão por outros estados norte-americanos, a varejista foi levada para outros países. Atualmente, a Forever 21 possui mais de 700 lojas em 47 nações.

Entre os países estão:

  • Brasil
  • China,
  • Colômbia,
  • Costa Rica,
  • França,
  • Hong Kong,
  • Índia,
  • Israel,
  • Japão,
  • México,
  • Filipinas
  • Inglaterra.

Entre as 700 unidades da empresa, 31 estão localizadas em território brasileiro.

Saiba mais: Forever 21 está se preparando para recuperação judicial, diz site

Com o crescimento da companhia, Chang e sua esposa, Jin Sook, passaram a ocupar a posição 248º entre os casais mais ricos do mundo. Assim, estando em 90ª entre os mais ricos dos Estados Unidos.

Ao longo dos últimos anos, a companhia vem apresentando queda nas vendas e problemas de liquidez. O ápice da crise foi notado quando a empresa vendeu sua sede em Los Angeles por US$ 166 milhões, em fevereiro deste ano.

No fim de agosto, a agência Bloomberg havia divulgado que a Forever 21 estaria se preparando para uma possível recuperação judicial. Em junho, a varejista teria contratado alguns escritórios com especialização em processos de reestruturação para tentar melhorar sua situação financeira.

Compartilhe a sua opinião

Rafael Lara
Rafael Lara cursa jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. Escreve sobre política, economia e negócios para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na TV Gazeta na produção do programa Edição Extra.