Economia

Confira o calendário de saques do FGTS de contas ativas e inativas

0

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira (5) o calendário de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Os trabalhadores poderão sacar até R$ 500 do FGTS e o dia depende de seu aniversário. A liberação terá inicio no dia 13 de setembro, aos que possuem conta poupança na Caixa, e dia 18 de outubro para aqueles que não possuem.

Além disso, todos os trabalhadores, que possuam contas ativas ou inativas do fundo, podem sacar até R$ 500, limitado ao valor do saldo:

Fonte: Caixa Econômica Federal

Fonte: Caixa Econômica Federal

O cronograma  é divido em dois calendários, os que possuem conta poupança e corrente da Caixa e os que não possuem.

Crédito automático

Mês de aniversário                               Data do crédito em conta

Janeiro a Abril                                             a partir de 13/09/2019

Maio a Agosto                                              a partir de 27/09/2019

Setembro a Dezembro                               a partir de 09/10/2019

Calendário para quem não tem conta na Caixa

  • Janeiro – 18/10/2019
  • Fevereiro – 25/10/2019
  • Março – 08/11/2019
  • Abril – 22/11/2019
  • Maio – 06/12/2019
  • Junho – 18/12/2019
  • Julho – 10/01/2020
  • Agosto – 17/01/2020
  • Setembro – 24/01/2020
  • Outubro – 07/02/2020
  • Novembro – 14/02/2020
  • Dezembro – 06/12/2020

Governo divulga cronograma do FGTS em 2020

O governo federal divulgou o calendário da liberação do Fundo de Garantia do Tempo Serviço (FGTS) em 2020. Além disso, informou limite de saques da modalidade Saque-Aniversário.

“Entre as iniciativas, que se aplicam às contas ativas e inativas, está a criação do Saque-Aniversário, que vai conceder ao trabalhador, a partir de 2020, a possibilidade de sacar, anualmente, um percentual de seu sado”, afirmou o Ministério da Economia, sobre nova mudança no FGTS.

Além disso, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a população “mais frágil” receberia como se fosse 14° salário.

Confira Também: Confira as 4 melhores ações para investir seu FGTS

“A população mais frágil, mais pobre, terá acesso e oportunidade de escolha. Pode ser mais útil para o trabalhador receber [uma espécie de] 14º salário o resto da vida do que pedir demissão para ter acesso ao FGTS, estimulando a rotatividade e reduzindo a produtividade do emprego”, disse o ministro.

As datas tem como base o aniversário dos beneficiários e a divulgação consta apenas os aniversariantes do primeiro semestre.

  • saques de abril a junho: nascidos em janeiro e fevereiro;
  • saques de maio a julho: nascidos em março e abril;
  • saques de junho a agosto: nascidos em maio e junho.

Os trabalhadores que não desejam sacar os valores do FGTS deverão informar a Caixa Econômica Federal até o dia 30 de abril de 2020.

Compartilhe a sua opinião

Poliana Santos
Poliana Santos escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na Rádio Gazeta AM, onde era responsável pela produção do programa Bom Dia Gazeta. É estudante da Faculdade Cásper Líbero.