Economia

FGTS: Caixa atinge maior número de transações da história no internet banking

0

A Caixa Econômica Federal somou 12 milhões de transações no último sábado (14), o primeiro depois da liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Mais de 8,4 milhões de transações ocorreram via internet banking e também em outros canais de serviço móvel. As informações são da “Agência Brasil”.

Além dos meios tecnológicos, o recurso também foi retirado ou utilizado por clientes por meio de:

  • Lotéricas;
  • Telesserviço;
  • Caixas eletrônicos.

De acordo com informações da Caixa Econômica, os números obtidos no último sábado foram 80% maiores do que os de sábados ‘comuns’. O banco informou que ainda não foram contabilizados os atendimentos em agências, que tiveram a primeira operação para pagamento do FGTS no sábado.

Trabalhadores que possuíam dúvidas sobre o recurso, ou quisessem retirá-los, podiam ir até a agência física, das 9h às 15h. Na última sexta-feira (13), mais de 12 milhões de trabalhadores tiveram acesso ao recurso creditado em suas contas. A Caixa creditou R$ 4,97 bilhões divididos em contas de trabalhadores. Dessa forma, estes clientes não precisaram fazer os saques.

“A cada duas semanas, vamos liberar mais de R$ 5 bilhões. A Caixa está preparada para atender a população com tranquilidade nos mais de 55 mil pontos de atendimento em todas as regiões do Brasil”, afirmou o presidente do banco estatal, Pedro Guimarães, via Twitter.

FGTS pode beneficiar 30 milhões de pessoas

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou, na última quinta-feira (12), que os saques dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) podem beneficiar mais de 30 milhões de pessoas.

Veja também: Minha Casa Minha Vida “será repaginado”, diz ministro

Os recursos do FGTS foram liberados na última sexta-feira (13). No total, o governo federal liberará R$ 42 bi até 2020. As declarações do presidente do banco estatal ocorreram durante uma transmissão ao vivo no Facebook.

Inicialmente, o presidente da Caixa disse que o número de pessoas beneficiadas pelo FGTS seria de aproximadamente 12 milhões. Entretanto, o presidente não especificou em qual período essas pessoas seriam beneficiadas.

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.