Negócios

FedEx anuncia que não vai mais fazer entregas da Amazon

0

A empresa de serviços de logística FedEx anunciou, na última quarta-feira (7), que não irá mais fazer entregas da Amazon. O contrato entre as duas empresas se encerra ao final deste mês. As informações foram divulgadas pela “Bloomberg News”.

O FedEx busca, com isso, negócios mais benéficos para a companhia. No mês de junho, a empresa afirmou que não iria continuar em sua parceria com a Amazon para entregas aéreas nos EUA. Dessa forma, o contrato foi encerrado ao fim do mês passado.

“Essa mudança é consistente com nossa estratégia de focar no mercado mais amplo de comércio eletrônico (…) e o recente anúncio relacionado à nossa rede terrestre da FedEx nos posicionou muito bem para fazer”, disse o FedEx em comunicado a imprensa.

Dessa forma, o mercado também se mostra positivo com a atitude do FedEx. A expectativa é de que a empresa possa atingir melhores resultados em sua rede Express.

Apesar de parecer um bom plano para o FedEx, a Amazon também pode contra-atacar. Isso porque a empresa investe muito na ideia de entregar produtos no menor prazo possível.

Serviços próprios

Em maio deste ano, a Amazon lançou um serviço próprio de corretagem de frete nos EUA. Além disso, a empresa tem sua própria distribuidora e também conta com empresas parceiras. O serviço de corretagem foi pensado para fazer com que os custos virassem lucro.

Veja também: Braskem tem queda de 76% no lucro do segundo trimestre

Mesmo querendo criar uma forte rede de centros de distribuição própria, a Amazon ainda não está apta a sustentar todos os custos com cargas. No segundo trimestre, a empresa afirmou que teve gastos acima de R$ 3,1 bilhões. Isso ocorreu devido ao fato de proporcionar entregas com prazo de um dia.

Isso significa que, sem a FedEx, a Amazon terá que implantar novas medidas em sua rede própria de distribuição, para poder arcar com todas as entregas.

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.