Fed: Powell afirma que inflação média abre espaço para cortes de juros

Fed: Powell afirma que inflação média abre espaço para cortes de juros
Jerome Powell, presidente do FED.

O presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, afirmou, nesta quinta-feira (24), que a adoção da estratégia de inflação média pelo BC norte-americano abre espaço para eventuais cortes da taxa de juros “se a economia virar” no futuro. Powell também disse que a recuperação econômica nos EUA tem acontecido de maneira mais rápida do que o esperado por ele.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Na última edição do simpósio de Jackson Hole, evento de política monetária de grande importância, Powell disse que o Fed adotaria uma estratégia de inflação média. Isso quer dizer que o BC norte-americano deve permitir que a inflação rompa a meta de 2% por um determinado período, como forma de compensar o período em que rodou abaixo disso, como o atual.

“Queremos apenas que a inflação seja de 2% na média, não muito mais que isso”, reiterou nesta quinta o presidente do BC dos EUA. “Por algum tempo, o desafio era a inflação alta. O desafio da atualidade é a pressão desinflacionária”, acrescentou líder do Fed.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Powell afirmou, novamente, que os EUA precisarão de mais apoio fiscal para deixar pra trás a crise provocada pela pandemia de coronavírus. “Inadimplência pode aumentar em um futuro próximo sem mais assistência às famílias”, disse o líder da autoridade monetária norte-americana.

O Legislativo americano vem tentando fazer um acordo com a Casa Branca para aprovar um novo pacote de injeção de liquidez na economia do país. Este entrave se transformou em um grande problema, nos últimos meses, para a retomada econômica no país norte-americano.

Opinião do presidente do Fed sobre o aumento de impostos nos EUA

Jerome Powell e o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Munchin, afirmaram também que não concordam com a elevação de impostos no país durante este período de pandemia.

Não, não é uma boa ideia [elevar os impostos no momento]”, disse o secretário do Tesouro. Powell, presidente do Fed, acrescentou à fala de Munchin: “eu concordo, não é uma boa ideia”. O potencial aumento dos impostos nos EUA começou a ser ventilado no governo por causa da complicada situação fiscal do país, que teve de aumentar os gastos nos últimos meses para estimular a economia, que foi atingida pela crise do novo coronavírus.

Com informações do Estadão Conteúdo

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião