Negócios

Facebook tem alta de 19% no lucro líquido do 3T19 para US$ 6,09 bi

0

O Facebook obteve alta de 19% no lucro líquido do terceiro trimestre. O balanço de resultados da rede social norte-americana foi divulgado nesta quarta-feira (30).

Entre julho e setembro, o Facebook registrou lucro de US$ 6,09 bilhões (US$ 2,12 por ação). No mesmo período do ano passado, o valor por papel foi de US$ 1,76.

Ao desconsiderar uma provisão para Imposto de Renda, de US$ 1,238 bilhão, o lucro da gigante norte-americana seria de US$ 7,33 bilhões.

A receita líquida aumentou 29% na comparação anual, chegando a US$ 17,65 bilhões. Dessa montante, US$ 17,38 bilhões foram gerados por meio de anúncios, com alta de 28%. O valor restante é oriundo de pagamentos e outras receitas.

As despesas de capital, que consideram os pagamentos de arrendamentos financeiros, somaram US$ 3,68 bilhões entre julho e setembro.

“Nós tivemos um bom trimestre, nossa comunidade e nossos negócios continuam crescendo”, disse o fundador e presidente da rede social, Mark Zuckerberg. “Estamos focados em progredir nas principais questões sociais e em construir novas experiências que melhoram a vida das pessoas em todo o mundo”, reiterou o CEO.

Alta do número de usuários

A médio de usuários ativos por dia na rede social aumentou 9% na comparação anual. No terceiro trimestre, o número foi de 1,62 bilhões de pessoas. A média mensal foi de 2,45 bilhões de usuários, com alta de 8%.

Ao considerar também o Instagram, o Whatsapp e o Messenger, a empresa informou que o uso diário passa para 2,2 bilhões. Por mês, cerca de 2,8 bilhões de pessoas utilizam essas redes sociais.

Resultados do segundo trimestre

No segundo trimestre, a empresa estadunidense registrou uma redução de 49% no lucro líquido em comparação ao mesmo período de 2018. O valor obtido foi de US$ 2,616 (US$ 0,91 por ação).

Saiba mais: Facebook registra queda de 49% no lucro líquido no 2º trimestre de 2019

A redução do lucro líquido do Facebook foi impulsionada por conta das investigações e multas que a empresa vem sofrendo.

Por outro lado, a receita total apresentou alta de 28% quando comparado ao 2º trimestre de 2018 e atingiu US$ 16,886 bilhões.

O número de usuários também aumentou para 1,59 bilhão. Além disso, a rede social norte-americana chegou a 2,41 bilhões de usuários por mês.

Última cotação do Facebook

Na Bolsa de Valores de Nova York, as ações do Facebook encerraram em queda de 0,56%. Os papéis são negociados a US$ 188,25. No pós-mercado da Nasdaq, os papéis sobem 5,00%.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Oliveira
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.