Eucatex opera em forte alta na bolsa, sem motivo aparente, pelo 4º dia consecutivo

Eucatex opera em forte alta na bolsa, sem motivo aparente, pelo 4º dia consecutivo
Eucatex (divulgação/Facebook)

As ações ordinárias da Eucatex (EUCA3) apresentam forte alta nesta quinta-feira (19). Este é o quarto dia consecutivo de disparada da empresa na bolsa de valores de São Paulo. A companhia, entretanto, não fez grandes anúncios recentemente e a alta ainda não possui uma explicação consentida.

Até a última quarta-feira (18), os papéis da Eucatex avançaram 607%. Somente na quarta, as ações registraram um salto de 137,50%, sendo cotadas a R$ 76. Neste ano, os ativos avançaram 703%.

Por volta das 13h38 desta quinta-feira (19), as ações ordinárias da empresa variavam positivamente em 64,55%, cotadas a R$ 125,06. As PN, entretanto, às 13h52, operam em uma alta mais moderada de 6,36%, a 8,70.

Desde novembro, há uma volatilidade incomum de volume e ações da empresa na bolsa. A B3 já questionou a Eucatex, que respondeu que não sabia o real motivo dessa variação atípica.

“Informamos que desconhecemos os motivos e a razões que levaram o mercado a realizar negócios envolvendo as ações desta companhia”, destacou na época.

Segundo informações do “InfoMoney”, um gestor não identificado afirmou que existem informações desencontrados sobre a empresa. Entre estas informações, estão as indicações sobre a possível venda de controle e também notícias de que a família Maluf, que controla a empresa, estaria por trás das negociações de aquisição.

Isso, de acordo com as informações, pode ter chamado a atenção da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que foi notificad por um fundo de investimento minoritário sobre as supostas operações que poderiam estar alavancando os ativos da empresa.

Em nota, o órgão de valores mobiliários informou que “acompanha e analisa informações envolvendo companhias abertas, tomando as medidas cabíveis, sempre que necessário, mas que não comenta casos específicos.”

A Eucatex também informou em nota que sua diretoria desconhece “eventuais motivos que não os resultados apresentados pela empresa, relativos ao terceiro trimestre de 2019, já devidamente divulgados ao mercado. Não houve publicação de fatos relevantes no período. Ressalta, ainda, que o grupo de controle da companhia não está vendendo ou comprando ações, de qualquer classe, neste momento.”

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião