EUA: Trump diz que espera divulgação do PIB do 3º tri e prevê dado “magnífico”

EUA: Trump diz que espera divulgação do PIB do 3º tri e prevê dado “magnífico”
O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que após as eleições em 3 de novembro, é provável que haja um novo pacote de estímulo ao coronavírus.

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira (26) que espera a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) americano no terceiro trimestre de 2020, prevendo que o resultado será “magnífico”. O republicano ainda ressaltou durante um comício em Lititz, na Pensilvânia que o país está passando por “uma recuperação econômica melhor do que qualquer outro lugar no mundo”.

Trump declarou que sua agenda para a economia é baseada em “otimismo, oportunidades, crescimento e prosperidade ilimitados”, prometendo novamente cortes de impostos para a classe média caso seja reeleito e defendendo também preços de remédios mais baixos.

“Esta eleição é uma escolha entre a super recuperação de Trump e a depressão econômica de Biden”, informou o mandatário norte-americano em referência ao seu rival na eleição, o democrata Joe Biden.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Biden x Trump: debate menos conflituoso traz acusações de corrupção

Os candidatos à presidência dos Estados Unidos, o atual mandatário Donald Trump e o democrata Joe Biden, realizaram o último debate antes das eleições na noite da última quinta-feira (22). O evento, que não teve momentos marcantes ou declarações bombásticas, foi menos conflituoso e mais organizado em comparação ao primeiro, realizado no dia 29 de setembro.

No debate, transmitido de Nashville, no Tennessee, Trump e Biden realizaram mútuas acusações de corrupção. O atual presidente citou acusações, que não dispõem de provas, de que Biden se beneficiou pessoalmente com negócios de seu filho na Ucrânia, enquanto Biden era vice-presidente de Barak Obama. Neste caso, Trump foi acusado de ter pedido ao governo ucraniano para reabrir investigações de casos de corrupção da empresa em que o filho de Biden fazia parte e apurar possíveis ações ilegais de seu oponente.

Por conta disso, um processo de impeachment chegou a ser aberto contra o presidente, por abuso de poder. O republicano foi absolvido em fevereiro deste ano.

O democrata, por sua vez, pontuou a falta de transparência de Trump na declaração de seus impostos. De acordo com o New York Times, o republicano pagou US$ 750 em imposto de renda federal, entre 2016 e 2017. Além disso, segundo o jornal, quando tudo é considerado, Trump “não pagou nenhum imposto de renda em 10 dos últimos 15 anos”.

Biden também questionou Trump pela forma com que foi conduzido o combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que já atingiu mais de 8 milhões de pessoas nos Estados Unidos, matando mais de 220 mil. “Este é um problema mundial, e eu tenho sido felicitado por líderes de muitos países pelo que conseguimos fazer aqui”, disse Trump.

Em um reforço de que a economia e as escolas precisavam voltar à normalidade, e que as pessoas estavam perdendo seus sustentos em meio a um crescente número de suicídios e problemas com drogas, Trump disse que “estamos aprendendo a viver” com o vírus. Em resposta, Biden disse que a sociedade não está aprendendo a viver com a doença, mas “morrer com ela”.

Com informações do Estadão Conteúdo

 

Rafaela La Regina

Compartilhe sua opinião