Internacional

Estados Unidos: FMI aumenta previsão de crescimento do PIB em 2019 e 2020

0

O Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou as previsões para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos em 2019 e 2020. Assim, as projeções foram atualizadas para uma alta de 2,6% neste ano e 2% no seguinte.

Dessa forma, a revisão sobre o crescimento dos Estados Unidos foi feita com uma alta de 0,3 pontos percentuais no resultado de 2019. Já nos números de 2020, a expectativa aumentou em 0,1 ponto percentual.

Os dados da projeção do FMI vieram depois que o órgão havia reduzido a estimativa de alta do PIB americano no mês de abril. Entretanto, na divulgação atual, o fundo também informou que o país deve registrar a maior expansão de sua história em julho. Além disso, também foi destacada a mais baixa taxa de desemprego nos EUA, isso porque o índice é o menor em 50 anos.

Saiba Mais: Guerra comercial pode reduzir o PIB global em 0,5% em 2020, afirma FMI

Apesar da melhora nas expectativas, o FMI alerta para as consequências da guerra comercial entre os EUA e a China. Isso porque o relatório produzido pelo órgão foi feito antes da aplicação de tarifas sobre produtos americanos pela China. O país asiático colocou uma taxa de importação sobre US$ 60 bilhões dos Estados Unidos.

PIB global

A guerra comercial não tem interferência apenas no PIB global, de acordo com o FMI. O fundo afirmou que o crescimento mundial pode ser reduzido em 0,5% no próximo ano como consequência da disputa entre as duas potências. 

Saiba Mais: FMI reduz previsão de crescimento do PIB da China para este ano

De acordo com a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, a redução de 0,5% equivale a uma perda de US$ 455 bilhões. Segundo ela, esses tipos de danos devem ser evitados “removendo as barreiras comerciais implementadas recentemente e evitando qualquer forma de barreira adicional”.

Para Lagarde, a aplicação das novas tarifas entre os países pode fazer com que haja uma redução do investimento, da produtividade e do crescimento.

“O fato é que medidas protecionistas não estão apenas prejudicando o crescimento e os empregos, mas também estão tornando produtos de consumo mais caros, prejudicando desproporcionalmente as famílias de baixa renda”, afirmou a diretora do Fundo.

Saiba Mais: Banco Mundial reduz previsão do PIB global de 2,9% para 2,6%

O Banco Mundial também reduziu a previsão de crescimento do PIB global em 2019 para 2,6%. A última expectativa divulgada para o crescimento era de 2,9%.

A redução da projeção do PIB global se dá principalmente pela desaceleração do comércio e da economia mundiais. Além disso, a indústria também apresentou resultado aquém do esperado para um bom crescimento.

Compartilhe a sua opinião

Beatriz Oliveira
Formada em Jornalismo pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação, Beatriz Oliveira escreve para o portal de notícias Suno Research. Antes, passou pelas redações da Revista EXAME e da Rede Bandeirantes.