Negócios

Equinor concentrará esforços de exploração no Brasil, diz vice-presidente

0

O vice-presidente executivo da Equinor, Tim Dodson, declarou, nesta terça-feira (26), que a petrolífera norueguesa concentrará esforços de exploração no Brasil. Dodson salientou que a empresa pretende perfurar cinco poços de exploração de óleo e gás natural no Brasil nos próximos dois anos.

De acordo com o executivo, a Equinor prevê que 30 a 40 poços sejam perfurados globalmente em 2020. Neste ano, Dodson afirmou que a companhia iniciou os trabalhos em 40 poços.

Black Friday Suno – pague 2 anos e leve 3 nas principais assinaturas da Suno Research

O vice-presidente ressaltou que os poços que serão perfurados no Brasil e na região norte-americana do Golfo do México possuem recursos estimados em mais de 100 milhões de barris de óleo equivalente. No País, a empresa pretende explorar o campo de Carcará, na Bacia da Santos.

“Para nós, quase tudo gira em torno do portfólio que já temos, testando esse potencial. Acreditamos que temos algumas das melhores oportunidades (no Brasil)”, afirmou Dodson.

No final do mês passado, a presidente da petrolífera no Brasil, Margareth Øvrum, já havia declarado que a companhia está buscando locais no litoral brasileiro para novas instalações de gás natural.

No balanço de resultados do terceiro trimestre, a empresa informou que perfurou 32 poços no acumulado deste ano.

Além disso, até setembro, a petroleira realizou 14 descobertas comerciais. A maior parte delas estavam localizadas em campos já existentes e que possuem infraestrutura de oleodutos.

Prejuízo da Equinor no terceiro trimestre

A Equinor registrou prejuízo de US$ 1,11 bilhão no terceiro trimestre deste ano. No mesmo período do ano passado, a companhia obteve lucro líquido de US$ 1,67 bilhão.

Saiba mais: Equinor registra prejuízo de US$ 1,1 bilhão no 3º trimestre

A receita da empresa apresentou baixa de 23% na comparação anual. O valor foi de US$ 14,7 bilhões no terceiro trimestre deste ano. Mesmo com o resultado positivo, os analistas esperavam uma receita de US$ 16,04 bilhões.

“Mantemos uma forte disciplina de custo e capital, mas nossos resultados foram impactados por preços mais baixos de commodities no trimestre, além disso, decidimos usar nossa flexibilidade para adiar a produção de gás para períodos com preços mais altos esperados”, disse o CEO da Equinor, Eldar Sætre.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Oliveira
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.